Sedução e Persuasão

Dicas, conselhos, técnicas e truques sobre como conquistar uma mulher e ganhar dinheiro. Seja bem-sucedido, atraia lindas mulheres, ganhe grana e aproveite o melhor da vida!

Categoria: conspirações

MKULTRA no Brasil – novas revelações sobre a tortura eletrônica e espionagem remota

Segue abaixo meu feedback sobre a minha experiência de tortura eletrônica e espionagem remota (MKULTRA) que estou sofrendo desde 10-junho-2015.

 

Pergunta: “Como anda seu caso? Ainda está sendo monitorado e torturado remotamente por esses caras do underground? Parece que eles estão perseguindo caras como você, que vão contra o controle mental e toda a manipulação da matrix, que eles chamam de dissociados, não é?”

Resposta: Ainda. Quase 3 anos depois, ainda não tive a ajuda de ninguém. Parece que a espionagem remota e tortura eletrônica é um assunto tabu. As vítimas, chamadas de indivíduos alvo, como eu, são vistas como esquizofrênicas e não são muito levadas à sério. Por isso a importância de divulgar esse tipo de novo crime aqui no meu blog e no meu canal do Youtube criado para denúncia.

 

Pergunta: “No filme do Netflix OtherLife é possível criar outra realidade dentro da mesma realidade, encapsulando tempo dentro de tempo e realidade dentro de realidade. Desta forma seria possível transformar 20 anos em bilhões de anos. Daí o que conhecemos como Universo poderia ser uma realidade simulada que fora está durando apenas décadas, mas aqui dentro bilhões de anos? Você acha que a vida humana é algo assim? O underground do planeta é refém disso e quer replicar o método criando uma espécie de Second Life humano, nos jogando remotamente, como você disse?”

Resposta: Parece que sim. Sei que “aliens” (aparentemente humanos jogando avatares com forma de aliens) teriam dito ao Pentágono e Russos que isso aqui nada mais é do que uma simulação de Universo. E essa simulação de Universo foi criada por humanos como uma forma de obter controle sobre a realidade, o que eles não conseguiram fora. É igual ao game Second Life que foi criado por nós para obter mais controle e poder sobre a nossa segunda vida. Fazemos coisas lá que não é possível fazer aqui dentro. Esse teria sido o motivo que humanos com tecnologia futurística criaram uma espécie de universo fake com muito mais controle e poderes. E o underground, sabendo disso, decidiu fazer o mesmo. Agora eles querem transformar esse videogame em outro videogame, o videogame deles. É como um avatar do Second Life conseguir gerar uma terceira vida para fazer coisas que não consegue na segunda vida. O objetivo do underground é operar humanos remotamente até 2054, adquirindo o controle mental e corpóreo total de qualquer ser humano, criando uma espécie de Surrogates da vida real. Lembrando que é quase certo que esse controle total (ou parcial) humano já é feito de fora dessa realidade por humanos futuristas.

 

Pergunta: “Grupos de torturadores formados por cientistas e militares (talvez também bilionários e influentes) agem de qual forma? Pode dar um resumo de como esses caras da CIA agem e qual o real propósito da tortura eletrônica e remota?”

Resposta: Os EUA criou uma grande estrutura no seu underground para espionar e torturar de forma eletrônica os seres humanos. Equipes passam o dia espionando vidas e também as modificando, tudo de forma eletrônica e remota, usando tecnologia da CIA e Pentágono, numa espécie de game sádico onde essas equipes ganham pontos e benefícios ao monitorar e editar vidas, chamados de indivíduos alvo, usando tecnologias hi-tech de invasão e scaneamento cerebral. Um dos objetivos dessas equipes é a tortura remota, usando o que chamam de esquizofrenia eletrônica ou inteligente, desta forma, produzindo o posterior suicídio ou internação clínica do indivíduo alvo. Veja nesse vídeo um resumo de uma vítima do MKULTRA.

 

Pergunta: “Há boatos que a CIA criou o Chaturbate da vida real e comercializa isso a ricos e influentes. O que você acha? Teve acesso a algum documento que prova isso? Você acha que esses caras tem vídeos nossos de masturbação na frente do laptop já que a câmera não vem mais com a luz verde que mostra que está ativa e documentos no último vazamento da CIA mostra que eles podem ter espalhado vírus, malwares, trojans e spywares dentro dos próprios antivírus para nos espionar?”

Resposta: Sim, é totalmente possível que esse serviço está ativo e é comercializado secretamente a ricos e influentes. Por isso tape com urgência a sua câmera do laptop ou é quase certo que sua intimidade vai estar disponível a esses caras apenas com um apertar de botão. Sei também que eles podem comercializar em tempo real sua atividade na web e no seu smartphone.

 

Pergunta: “Você acha que a fobia pode ser induzida remotamente usando armas de tortura eletrônica? Como isso funcionaria na prática no indivíduo alvo?”

Resposta: Totalmente. Sei que esses caras usam o que chamam de ataque de frequências ou de perceptivos. É quando ligam em você programas de computadores autômatos que rodam 24h dentro do seu cérebro e induzem uma espécie de fobia sintética ou inteligente. A partir daí você tem sérios problemas de identidade e com a auto-imagem, como por exemplo, ficar com uma imagem pesada quando se olha no espelho e seu cérebro passa a se auto-scanear procurando defeitos e assimetrias, o que obviamente gera fobia e problemas de socialização, pois sua mente diz a você que todos vão te reprovar. São apenas programas autômatos que rodam 24h dentro do seu cérebro. Tudo isso já pode ser feito remotamente.

 

Pergunta: “Sobre a clonagem de humanos que esses caras do underground fazem estilo filme A Ilha (2005), você tem alguma informação de quem está sendo clonado e qual o propósito dessas clonagens?”

Resposta: Sei que esses caras clonam de forma clandestina humanos normais e celebridades. Eles chamam esses clones de avatares Platinum e principalmente de “It Girls”, normalmente garotas bonitas e famosas do Instagram. O propósito é simples: voyeurismo e estupro. Muitos clones são mantidos num estado quase letárgico e são estuprados quase que diariamente por cientistas, militares e ainda influentes ou ricos. Há serviços clandestinos que vendem o estupro e voyeurismo de clones humanos.

 

Pergunta: “Pode falar mais sobre a teoria do Pentágono que diz que você pode muito bem morrer e seguir vivo,  ou seja, você não vê sua própria morte e fica preso numa espécie de limbo até que a ficha caia? Será que muita gente no planeta pode estar nessa situação? Pode passar algum filme ou série que explica isso, quando o personagem morre e não vê a própria morte e a mente ou o sistema segue gerando realidades?”

Resposta: Sei que o underground do planeta aceita muito bem essa teoria. Basicamente você morre e não vê sua própria morte, então sua vida segue “normalmente”, mas algumas coisas um pouco curiosas começam a acontecer para que a ficha caia e você veja que está dentro de outra realidade, digamos, uma realidade secundária, não mais a primária onde nasceu.  Para entender veja o episódio PlayTest de Black Mirror. Na minha interpretação, ali o sujeito morreu num acidente de avião e seguiu acreditando que está vivo. Veja como a realidade do cara ficou um pouco estranha após a viagem pelo mundo que ele fez.

 

Pergunta: “Você disse que o planeta Terra não está em 2018, e sim nós é que estamos. E que existe no planeta Terra múltiplas realidades rodando à nossa volta sem que possamos enxergá-las. Como o underground da Terra vê essas múltiplas realidades paralelas e qual a real realidade do planeta Terra, ou seja, a principal, se essa que estamos é apenas uma entre tantas? Ou será que isso aqui está dentro de outro planeta, como a teoria de estarmos dentro de Sírius?”

Resposta: Os EUA e a Rússia têm provas científicas que o planeta Terra é muito mais do que isso que vemos. Segundo eles, como você mesmo lembrou, o planeta Terra não está em 2018, e sim nós é que estamos. Segundo essa teoria, nós estaríamos presos numa camada de realidade chamada “planeta Terra 2018”, e obviamente, sem acesso às demais. Quanto a sua pergunta sobre qual a realidade primária ou principal do planeta Terra, parece que sim, seria Sírius. Muitos cientistas e militares acreditam nisso. Estaríamos dentro do mundo chamado Sírius. Isso aqui seria uma espécie de mainframe estilo episódio San Junipero de Black Mirror. Desta forma, seríamos seres digitais travestidos de seres materiais.

 

Pergunta: “O que você acha das alegações do ex-piloto da CIA John Lear que diz que a Lua é uma construção artificial com mais de 250 milhões de habitantes e o planeta Terra é uma prisão… e haveria milhões de mundos na mesma situação nossa?”

Resposta: Pode ser que sim. Sei que o perceptivo de cada mundo constrói mundos dissociados, ou seja, distantes, de formas diferentes. Então, sim, a Lua pode ser um mini planeta e nós a vemos como nosso satélite natural, uma rocha sem vida. Sei também que há uma teoria no underground da Terra que diz que isso aqui é uma espécie de Alcatraz cósmica.

 

Pergunta: “Então há várias teorias para explicar o que é a vida humana. Para alguns é um videogame de aliens ou humanos do futuro, para outros é um episódio da série Black Mirror futurístico onde explora as inseguranças e os fetiches humanos, já para outros é uma prisão ou só enrolação emulando uma espécie de evolução fake para nos manter ativos e nos consumir como baterias (teoria Matrix). Para você Rafael, o que é a vida humana? E como se libertar da vida já que pode ser uma grande roubada acreditar nela e seguir o script pré-determinado por outros? O que seria mais indicado fazer, ser ALPHA e dizer foda-se para as crenças dos outros?”

Resposta: Pode ser uma junção disso tudo, pois cada ser vê a vida de uma forma e acaba entrando nessas crenças, o que gera novas situações e crenças, não parando nunca de gerar ou montar novas realidades inspiradas no pré-juízo, ou seja, no pré-julgamento que cada um faz das coisas que acontecem ou deixam de acontecer. Isso pode gerar um looping eterno, aprisionando cada ser em cada uma das teorias ou crenças. O mais inteligente a se fazer é examinar todas essas teorias ou crenças e ver qual é mais útil. Só em estar consciente disso, ou seja, do que pode ser a vida, já te dá grande vantagem diante dos outros. A grande maioria entra na ideia padrão de vida e acaba seguindo um roteiro pré-determinado pela elite do planeta. Essas pessoas são fáceis de manipular, pois agem como escravos.

 

Pergunta: “Voltando ao assunto de tortura eletrônica. Como funciona essas equipes de torturadores remotos que operam nos EUA? Como eles trabalham e o que ganham para nos atacar com armas eletrônicas? Quem são os indivíduos alvos que esses caras estão perseguindo?”

Resposta: Os EUA montou uma grande infraestrutura para atacar o que eles chamam de indivíduos alvos. Geralmente um indivíduo alvo tem algum recurso que eles não possuem ou não querem que isso seja usufruído, como alguma habilidade ou recurso sensorial, tal como uma habilidade atípica de ouvir sons ou músicas, de saborear sabores, de enxergar ou ver imagens, de interpretar ou processar textos ou linguagem complexa de maneira diferenciada ou ainda de manipular pessoas ou algum objeto de forma especial. Enfim, um indivíduo alvo é alguém que possui habilidades atípicas e que esses caras tentam das mais variadas maneiras influenciar negativamente, destruindo ou diminuindo a habilidade que ele possui. Para isso foram criados games com benefícios onde esses trabalhadores (ou torturadores) passam 24h monitorando remotamente via scanner cerebral o indivíduo alvo e perseguindo-o, e assim executando as mais variadas formas de tortura eletrônica. Recomendo que você dê uma lida no site Stopeg.com para ver como isso é feito. Quanto ao que eles ganham para nos perseguir e torturar remotamente, são os mais variados benefícios. Ganham Bitcoins, saldo no PayPal, ações, dinheiro físico (dólar), cartões de crédito roubados, moedas virtuais para jogos ou sites eróticos, como tokens para o Chaturbate ou Lindens para o Second Life, além de vídeos, fotos e informações privadas e ilegais de pessoas comuns e celebridades, e até mesmo promessas mais absurdas como aprender a sair do corpo e invadir casas como o intuito voyeur e fetichista, e adquirir um novo corpo ainda em vida, até do sexo oposto (a técnica prometida de imortalidade e vendida a eles está no filme Sem Retorno).

 

Pergunta: “Rafael, o conhecido Universo pode ser uma espécie de palestra virtual sobre o descontrole emocional e mental de seres com ideias humanas egoístas?”

Resposta: É uma boa possibilidade. A espiritualidade diz que isso aqui é apenas uma escola para consciências temporárias, mas imortais.

 

Pergunta: “Rafael, será que nós não estamos presos numa camada de realidade pré-realidade, ou seja, presos nas interpretações da realidade e ao invés de entrar dentro da realidade estamos apenas olhando para ela, consumindo as sensações e emoções das interpretações dela? Porque os acontecimento que vivemos no dia a dia são sempre os mesmos e parece que o ser humano não evolui nunca. Não temos nenhum poder extra-sensorial e somos escravos de tecnologia. A mente humana não estaria presa dentro de uma evolução fake criada por ela mesma ou por seres conscientes disso que não querem que a gente evolua?”

Resposta: Pode ser que sim. Talvez o que o ser humano conheça como vida seja uma fase no aprendizado dos seres na construção de suas realidades. A atual fase conhecida como terceira dimensão seria o aprendizado de sentir a realidade, e para isso, se faz necessário dissociar dela para senti-la, ficando sempre preso numa espécie de pré-realidade de sensações criada a partir de julgamentos e interpretações, sem com isso ficar no mesmo ponto da realidade ou instante ou agora, desta forma, não conseguindo entrar dentro da realidade em si para moldá-la como queira. Assim, os humanos se tornam escravos de instantes ou agoras e suas interpretações, o que gera uma espécie de loop com novos instantes ou agoras, geralmente contrários ao que cada um deseja. Numa próxima fase, quem sabe, os seres conscientes disso vão conseguir entrar dentro dos instantes ou agoras e moldá-los como queiram. Daí vamos evoluir de fato quando conseguirmos criar e editar nossas realidades.

 

Pergunta: “Concordo com você, acho que estamos vivendo dentro de uma mega manipulação estilo Matrix. Será que não estamos na verdade no futuro e achando que estamos no passado? Isso não seria possível? Por exemplo, na verdade vivemos dentro de um mundo onde não somos mais reféns de doenças, crimes, problemas sociais, mortes precoces, etc, mas estamos vendo diante de nós um mundo com tudo isso usando manipulação via córtex cerebral?”

Resposta: Isso é possível sim. Existe uma teoria do underground que diz isso. Estamos no passado por manipulação. Deveríamos sim ver o futuro, mas através de filtros mentais estamos vendo os mesmos problemas do passado. Essa teoria diz que podemos estar por volta do ano 2390, mas enxergaríamos 2018. Tudo feito para o controle mental nosso, ou para algum projeto ou experimento.

 

Pergunta: “Nesse caso a CIA de 2018 seria refém da CIA do futuro?”

Resposta: Correto. Isso é perfeitamente possível. Veja que esses caras acreditam em viagem no tempo e que os EUA seguirá ativo pelos próximos séculos. Então se eles acreditam em viagem no tempo, o futuro coexiste com o passado.

 

Pergunta: “Então é possível que estamos reféns de filtros mentais que criam uma espécie de realidade aumentada ou novas camadas de realidade sobre o que vemos? Nesse caso o mundo de hoje como o espiritismo chama de provas e expiações não seria apenas uma manipulação sensorial? Será que no futuro vai dar pra colocar filtros na mente humana estilo filtros do Instagram para viver outras realidades? Ah, o futuro ao qual você se refere, e que seria nosso real agora, não seria o mundo de regeneração?”

Resposta: Eu acredito que sim. Isso seria possível no futuro. E talvez explique o mundo de hoje. Se isso for verdade e se nós estamos mesmo no ano por volta de 2390, então é possível que o mundo de hoje seja regeneração e não provas e expiações. Só que não temos acesso ao mundo real, apenas a uma simulação de passado.

 

Pergunta: “Qual a explicação para estarmos vendo o passado e não o real presente? Manipulação, projeto secreto, etc?”

Resposta: Pode ser um projeto secreto visando algum propósito, como uma espécie de viagem no tempo para o controle mental. Afinal, se isso for verdade, dá para criar um delay de séculos, sabendo tudo o que vai acontecer com exatidão anos a frente.

 

Pergunta: “Como essa manipulação seria feita? Você pode pensar em alguma maneira de criar uma volta no tempo sem que saibamos?”

Resposta: Talvez enquanto dormimos. Há teorias nesse sentido. Diz que enquanto você dorme é possível simular outras realidades sem que você saiba. Então, hipoteticamente, se isso for verdade, talvez estejamos agora mesmo dormindo no ano de 2390. E enquanto dormimos lá, estamos acordados aqui. E vice-versa.

 

Pergunta: “Rafael, alguns cientistas acham que a vida humana e todo o Universo não passa de uma gravação. Você disse que isso aqui pode ser um filme em primeira pessoa que está rodando no futuro sem o nosso consentimento. E se for verdade, não corre o risco de nós não sermos nós mesmos? Por exemplo, se for um filme em primeira pessoa, nós não somos o personagem dele, apenas estamos simulando ser, correto? Nosso verdadeiro corpo seria outro e que está no futuro? Não corre o risco de quando morrermos virmos a descobrir que nós não éramos nós mesmos, apenas um personagem de um filme que simulava o passado?”

Resposta: Corremos esse risco sim. A vida humana pode ser uma espécie de serviço, como um Netflix do futuro. Você simula a vida que quer, na escala temporal que deseja, com os desafios que quer, e com o personagem que necessita. Só não dá para saber qual objetivo disso, e se é algo arbitrário ou não.

 

Pergunta: “Estamos no futuro vivenciando um passado hipotético… gostei… e a reencarnação que muitos acreditam, onde entra aí?”

Resposta: Se nossas vidas não passam de uma fantasia, uma série do Netflix futurística (configurada por nós, ou não – talvez foi feito por nós, mas não nos lembramos), então dá pra dizer que em cada vida que vivenciamos um personagem em primeira pessoa pode ser definida como uma temporada dessa série. Assim, cada temporada é uma reencarnação, ou vida.

 

Pergunta: “No filme do Netflix OtherLife dá para manipular o tempo, por exemplo, é possível transformar 1 minuto em 1 hora. Com essa possibilidade dá para dizer que o tempo é fake, uma trollagem, sendo 100% moldável e manipulável. Será que tem alguém ou algo manipulando o nosso tempo? Seria possível viver fora da linha do tempo? Você acha que existem humanos de outras dimensões que vivem fora da linha do tempo? E o que pode gerar o tempo?

Resposta: Sei que o Pentágono acredita que sim, que existem seres humanos que vivem em dimensões atemporais. E eu acho que o correto ou natural é viver fora da linha do tempo. Para mim, o tempo é uma limitação. E acredito que o criador do tempo é o medo.

 

[em desenvolvimento]

 

Rafael Bandeira Corrêa
rbcorrea@gmail.com
Praia do Cassino, Rio Grande do Sul, Brasil
2018

 

 

MKULTRA no Brasil – minha experiência com a tortura eletrônica e espionagem remota

Segue abaixo meu feedback sobre a minha experiência de tortura eletrônica e espionagem remota (MKULTRA) que estou sofrendo desde 10-junho-2015. Eu criei uma seção de perguntas e respostas com questões recebidas via email/Blog/Instagram/Twitter para que você entenda melhor o que está acontecendo comigo, com você e com o mundo (sim, isso também tem a ver com você e sua família). Vou adicionar mais perguntas e respostas de acordo com a necessidade.

Rafael Bandeira Corrêa
rbcorrea@gmail.com
Praia do Cassino, Rio Grande do Sul, Brasil
Janeiro/2017

Leia também…
MKULTRA – Confirmado, a CIA já está literalmente dentro da sua casa
MKULTRA – Controle mental remoto e total perda da privacidade
Alerta – MKULTRA no Brasil. Sou uma vítima

*** Atualizações deste post em http://instagram.com/MKULTRABR ***

Pergunta: “Quando começou a perseguição e o ataque? E por que você acha que isso está acontecendo com você? Tem algo a ver com a tal glândula pineal que você disse que acha que ativou?”

Resposta: Tudo começou em 10 de junho de 2015 quando vozes internas (Voice-to-Skull) foram ativadas em mim. Aparentemente o propósito delas (cerca de 3 ou 5 vozes de jovens na faixa dos 25 anos) era me testar. Para ilustrar essa espécie de jogo de argumentação que fizeram comigo, recomendo que assista o filme “Um Jogo de Vida ou Morte”. Foi bem parecido com isso. E eu venci esses jovens com as minhas argumentações e contra-argumentações. Então eles chamaram uma espécie de chefe, uma voz de homem na faixa dos 60 anos, que também me testou. Também ganhei dele. Após isso comecei a questionar com essas pessoas de onde estavam vindo as vozes, o que era isso, e QUEM ERA. Eles não falaram e nem se identificaram. Lembro que eu falei a eles algo como: “Isso deve ser uma brincadeira de bilionários Árabes”.  E essa foi a compreensão que eu tive para explicar as tais vozes internas e a minha comunicação bizarra com vozes que estavam literalmente dentro da minha cabeça. Achei que era uma espécie de jogo maluco de bilionários entediados. Lembrando que até então eu desconhecida a tecnologia Voice-to-Skull que realmente existe e é considerada uma arma não-letal pelo Exército Americano para perturbar um inimigo, mas também pode ser usada para manter uma comunicação ponta-a-ponta entre dois cérebros de forma remota. Acredito que essa seja a tecnologia do futuro. Em algumas décadas vamos substituir os dispositivos móveis e usar comunicação apenas cérebro-a-cérebro. Será possível até mesmo o envio de dados de imagens via cérebro-a-cérebro e visualizado diretamente no olho humano. Aparentemente isso é bem fácil, pois tive acesso a dados e experiências que corroboram a ideia que nós humanos somos como smartphones, estamos a todo momento enviando e recebendo dados, obviamente sem o nosso consentimento. É assim que se dá o scaneamento do cérebro humano e o controle mental, tudo de forma remota pelos militares, cientistas e ricos/políticos que financiam isso, e usufruem desses recursos, principalmente na questão sexual, pois eles tem acesso a fotos, vídeos e áudio do ambiente de QUALQUER SER HUMANO, EM QUALQUER LUGAR DO PLANETA. Sobre a glândula pineal, acredito que ela esteja ativada sim, desde 20 de abril de 2015, quando senti uma pressão/vibração no meio da testa, entre os olhos. Após esse evento tive várias alterações no metabolismo e alguns recursos extrassensoriais ativados, como eu postei nos comentários do post do blog.

 

Pergunta: “Como anda o ataque e perseguição a você? Esses caras aplicam dores em todas partes do seu corpo? E as vozes que simulam esquizofrenia, como elas são? Como você acha que isso funciona? Quem são esses caras, onde eles estão?”

Resposta: Neste momento, as dores e as vozes estão bem baixas, como se tivessem indo para uma camada mais profunda. Provavelmente meu corpo está se adaptando, criando defesas, etc. Então me incomodam menos. Mas não tenho dúvida que o objetivo desse ataque é levar a vítima ao óbito, ao suicídio. Isso é tentativa de assassinato remoto usando armas eletrônicas e sensoriais.  Sobre as vozes, realmente, simulam esquizofrenia, o problema é que não parece uma esquizofrenia normal, porque é muito inteligente. A esquizofrenia típica pressupõe vozes sem sentido, ou dando comando randômicos/absurdos. Por isso no post anterior eu chamei de esquizofrenia controlada ou inteligente. Você percebe que não é algo da sua cabeça, mas externo, criado por pessoas inteligentes e com um propósito óbvio: SE VINGAR DE VOCÊ. Então é algo muito pessoal. Essas pessoas que estão por trás dessa tecnologia hi-tech CONHECEM TODA A SUA VIDA E QUEREM SE VINGAR DE VOCÊ. Ainda sobre as vozes, eu diria que comigo eu percebi dois tipos: 1) pessoas usando voz morph, ou seja, mascarando a própria voz. 2) vozes de inteligência artificial, onde parece que eles ligam computadores em você para importuná-lo 24h por dia. Nesse modo vozes automáticas comentam TUDO O QUE VOCÊ FAZ NO DIA A DIA, até mesmo quando tenta dormir. Lembrando que meses atrás quando eu ia tentar dormir, flashes brancos eram disparados dentro do meu olho, no preto, quando fechava os olhos para evitar que eu dormisse. Foram uns 6 meses assim. Não sei como, mas mesmo assim eu conseguia dormir. Até mesmo quando eu ia me masturbar, por exemplo, uma voz disparava: “ELE VAI SE MASTURBAR”, e uma segunda vem em seguida com um “DESLIGUE O PÊNIS DELE”. Eu passei por isso meses atrás, e posso dizer que é perturbador. Nem me masturbar eu conseguia mais, quanto mais fazer sexo. Diante de interações com pessoas o mesmo acontecia. As vozes automáticas (inteligência artificial) ficavam debochando e julgando a pessoa que estava na minha frente. O mesmo se aplica para quando você vai se alimentar, defecar, urinar, sair de casa, dormir, etc. Enfim, pessoas e computadores estão analisando toda a sua vida e sabem exatamente o que você está fazendo (e comentam dentro de você isso). Aparentemente são vozes baseadas em resposta automática a padrões cerebrais. Por exemplo, eles já tem gravado o seu padrão cerebral que antecede a masturbação, então basta “pensar” em masturbação, ou seja, disparar o gatilho mental que vai levar você ao ato, que as vozes já disparam para perturbar você e evitar que tenha uma ereção. Como eu disse, é algo MUITO INTELIGENTE para ser uma simples esquizofrenia. Parece que pessoas bem inteligentes gastaram muito tempo em laboratórios para criar esse sistema de tortura eletrônica e remota. Sobre quem são essas pessoas, e onde estão, acredito que sejam, em maioria, americanos (cientistas, militares, policiais federais, agentes de serviços secreto, ricos e políticos). Mas também, provavelmente, há gente da Rússia, Israel, China e Japão – e parceiros. Onde eles estariam? Na grande maioria no underground, em bases secretas. Mas também parece que muitos ricos instalaram uma espécie de central do crime em casa. Há indícios que o próprio Brasil faça isso. Então dá para ter uma ideia que a coisa é bem feia e que toda raça humana está à mercê desses malucos criminosos e sádicos que usam o dinheiro, a imagem e desculpas como soberania nacional, terrorismo, inimigos, etc, para se camuflarem, se financiarem e justificar todo tipo de crime contra a espécie humana.  E sobre como essa tecnologia funciona, eu postei no post anterior e na conta do Instagram MKULTRABR. Lá eu explico mais ou menos como essa tecnologia hi-tech de tortura e espionagem remota funciona.

 

Pergunta: “E as polícias? Por que nenhuma polícia investiga esses crimes de tortura e total invasão da privacidade? Você disse que até agora nenhuma polícia te procurou? Nem mesmo a Polícia Federal que deveria defender os brasileiros que estão passando por isso?”

Resposta: Pois é, essa é uma questão bizarra. Há várias hipóteses, como foi levantado nos comentários do post anterior. Eu tenho duas: 1) ou eles (os policiais que poderiam me ajudar) não sabem de nada, pois o blog foi censurado a eles. 2) ou eles sabem e estão em pânico, pois é tudo verdade e muito maior do que eles. Lembrando que estou há 7 meses reportando as denuncias do blog para as principais polícias, tais como Polícia Federal do Brasil, Civil, Interpol, Europol e FBI, e até agora nada, ninguém me procurou. Parece que até agora nenhuma polícia viu o meu blog. É a impressão que tenho, pois as denuncias são muito graves para serem ignoradas. Isso é muito suspeito.

 

Pergunta: “E sobre a família Obama, você se sentiu mesmo torturado por eles? Como foi isso? Você não acha que pode ser animações ou computadores simulando eles, sei lá, criado pelos Russos que tem tecnologia similar aos americanos?”

Resposta: Sim, me senti torturado e perseguido pelos quatro membros da família Obama. Isso foi meses atrás. Correto, pode ser sim animações, sons e vozes gerados por computadores de outro país inimigo. Eu não tenho dúvida disso. Mas para chamar atenção deixei até hoje isso no post. Não vou remover até que me digam que me torturou usando animações, vozes e sons ligados a família Obama, se realmente não foram eles. Até que isso seja explicado eu vou seguir dizendo que a família Obama tem um grupo de gang stalking e mata humanos como se fossem insetos. Essas foram as ideias que as vozes internas passaram para mim. Se não são eles, alguém quer que achemos que é. Cabe então ao Serviço Secreto identificar a origem disso e proteger seu chefe de estado. Não é estranho estarem usando a família do principal líder dos EUA para torturar pessoas e praticar crimes horrendos e ninguém faz nada para proteger a imagem e reputação deles? Isso também é muito suspeito.

 

Pergunta: “Você teve acesso a muitas informações ultrassecretas. Como conseguiu isso? Você acessa remotamente? Acha que é telepatia ou alguma tecnologia militar que está no modo reverso, eles pegam dados seus e você também pega deles, uma conexão ponto a ponto, uma rede P2P tipo Torrent?”

Resposta: Acredito que quando começou isso, lá em 10 de junho de 2015 eu fui conectado numa espécie de sistema ou rede de dados/comunicação entre várias bases secretas do planeta, ou seja, o underground. Parece que os funcionários dessas bases militares possuem a tecnologia Voice-to-Skull para comunicação interna – dados enviados para dentro da própria cabeça, sem uso de dispositivos eletrônicos ou micro-chips, através de ondas eletromagnéticas, da mesma forma que um rádio capta as ondas e reproduz no alto-falante, as vozes são captadas remotamente e reproduzidas dentro da cabeça, como se fosse seus pensamentos, mas são vozes de outras pessoas. Por isso eu disse que o corpo humano é uma espécie de smartphone, está a todo momento recebendo e enviando dados.  Acontece que desde de 10 de junho de 2015, seja por telepatia, ou por alguma tecnologia militar que ativaram em mim, ainda não sei, estou escutando muitas dessas equipes de torturadores, militares, cientistas, até políticos/ricos, que aparentemente, também usam a mesma tecnologia de comunicação remota, mas via óculos VR. Também escuto vozes do sistema Terra ou Matrix (nas palavras deles) via inteligência artificial que dispara comandos que eles chamam de “códigos” ou “inconsciente coletivo”. Por exemplo, já ouvi vozes de comando (que aparentemente são enviados diretamente para o cérebro humano e afetam a psique humana) do tipo: “DESORIENTEM O ORBE TERRESTRE”, “RASTREIEM PROBLEMAS”,  “MASTURBEM-SE”, “ACALMEM-SE”, etc. Segundo minha investigação, esses comandos são enviados a partir de várias centrais de comando que existem no planeta. Duas centrais bem ativas: uma está no subterrâneo na ÁREA 51 (nono andar), e outra oculta na Montanha Cheyenne (NORAD), ambas nos EUA. Esses locais possuem uma espécie de sala de controle, que eles também chamam de “Supremo Tribunal”. Lá aparentemente é possível monitorar todos humanos, e em todos os lugares. Também é possível afetar a psique humana de forma remota, seja de forma individual ou coletiva. É possível até mesmo desestabilizar emocionalmente uma população inteira de uma cidade, ou acalmá-la. Não esqueça que todas as sensações humanas já foram decodificadas e copiadas. Por exemplo, eles podem enviar para dentro do seu cérebro o comando “DESESPERANÇA”, e em seguida “ESPERANÇA”. E você não tem proteção alguma, no primeiro comando vai se sentir um lixo, e depois vai se sentir esperançoso, animado. Enfim, esses caras controlam a fé humana, e também estão por trás de todas as religiões. Eles possuem uma espécie de “Academia de Ciências, Tecnologia e Religião”. Lá eles dirigem o futuro da raça humana. São seres humanos totalmente dissociados da realidade humana e por isso podem matar qualquer um como se esse fosse um personagem de vídeo game. Eu estou há mais de um ano escutando esses caras dentro de mim. Então, quer seja de forma proposital ou não, eu acabei ouvindo muito da rotina desses caras e como eles trabalham. É como se eles estivessem com o microfone aberto dentro de mim. Foi assim que consegui a maioria dos dados que publiquei no post anterior. Uma outra forma foi através de visão remota, com o olho fechado, deitado. Alguma vezes (ainda não tenho controle) abre um monitor no preto do olho. E então é como seu eu estivesse em outra realidade paralela, mas ainda consciente que estou deitado em minha cama. Foi assim que eu acessei várias vezes a própria ÁREA 51 e vi muitas coisas bizarras lá. Ainda não revelei no blog tudo que vi. Em breve vou dar mais informações e revelações.

 

Pergunta: “O que é o planeta Terra para você? Depois de passar por tudo isso você deve ter uma compreensão melhor da realidade humana… E quem você acha que realmente controla o planeta Terra? São os extraterrestres?”

Resposta: Eu vou dar a definição de quem controla este mundo, pois é assim que eles veem este mundo. Para eles isso aqui é um jogo individual multiplayer. Como se fosse um Battlefield no modo multiplayer.  O problema é que nós é que somos os personagens, não os jogadores. Por isso esses seres nos veem como PRODUTOS, HOSPEDEIROS, PERSONAGENS ou AVATARES. Dentro de todo ser humano há vários jogadores que conhecem a nossa vida mais do que nós mesmos. Quem são esses jogadores da realidade humana que eles chamam de Planeta Terra, Gaia ou Israel? Segundo minha investigação, tem de todo o tipo. Desde humanos dentro dessa realidade ocultos em bases militares secretas, universidades, mansões, etc, até humanos de outras realidades (haveria 9999 realidades paralelas a nossa volta). Também há seres não humanos, alienígenas ou extraterrestres “jogando” os humanos. O termo “jogar” pode dizer várias coisas, desde apenas captar sensações, memórias, shapes, objetos, etc, ou servir como entretenimento, meio para obter recursos/pontos/créditos, ou ser parte de uma espécie de trabalho, como configurar os humanos de acordo com as ideias e necessidades deles. Muitos aliens passam o dia fazendo isso, configurando os corpos humanos. Sobre quem realmente controla esse mundo, parece que é um grupo de seres externos, não internos. Parece que eles estão fora desde mundo, e só entram aqui de forma invisível. Mas nada de espíritos, fantasmas, espectros, etc, são seres humanos físicos, de carne e osso, só que ficam a nossa volta de forma invisível e configuram nossos corpos/ambientes/situações. É um tema um pouco complexo, mas acredito que envolva algo relacionado a “tempo dentro de tempo”, delay, ou camadas da realidade sobrepostas. Pois parece que eles estão a nossa frente, e já sabem o que vai acontecer conosco. Isso daria controle a eles. Preciso dissociar mais da realidade humana para entender como funciona isso. Mas acho que em breve vou conseguir compreender e até mesmo me comunicar com esses seres. Lembrando que esse seres, obviamente, não querem isso, e estão me atacando. É bom lembrar que quando começou tudo isso eu vi várias imagens que me marcaram. Eram de humanos que parece que estavam fora deste mundo (não do planeta, do Universo), enfim, em outra realidade ou Universo paralelo. Eles tinham a aparência humana e estavam me olhando através de displays. Sei que essa parte parece uma loucura total. Não quero que ninguém acredite. É apenas o relato da minha experiência pessoal de uma espécie de quebra da realidade humana (sem enlouquecer). Agora quero ver o que tem fora deste mundo. Não tenho dúvidas que tem algo fora aqui, e seres que nos prenderam neste mundo por vários motivos. E estão fazendo de tudo para que o ser humano não descubra a verdade sobre este mundo.

 

Pergunta: “Sobre o monitoramento em tempo real dos cinco sentidos humanos, eles sabem mesmo o que estamos fazendo em tempo real? Não existe nenhuma privacidade no planeta Terra? Isso é bem assustador!”

Resposta:  Isso mesmo, não existe nenhuma privacidade. O que você faz, principalmente na privacidade do seu lar, é 100% público a cientistas, militares, policiais/agentes, executivos, ricos, políticos, etc. O que Edward Snowden revelou é só uma pequena parte sobre a invasão de privacidade que estamos sendo submetidos, principalmente a partir dos anos 80 com o aumento da tecnologia de espionagem. Hoje é muito fácil espionar o ser humano. Como disse, os cientistas e militares nos veem como smartphones. O cérebro humano está a todo momento enviando e recebendo dados. Esses dados estão sendo interceptados e decodificados por tecnologias como o avião espião do Pentágono X-37B – como eu denunciei no post anteriorTecnologias como essa têm acesso aos seus 5 sentidos em tempo real. Mas é muito pior do que isso, porque os cientistas e militares não apenas estão recebendo seus dados, mas também estão enviando comandos, gatilhos mentais e sensações diretamente para o seu cérebro, e tudo de forma remota e invisível, velada. Por exemplo, você sabia que não é nada difícil fazer uma pessoa se masturbar? Basta enviar para ela (de forma remota via X-37B) o comando para ela se lembrar de uma experiência sexual, ou fazer ela assistir algum filme, vídeo, ou ver uma foto erótica. Isso é feito 24h por dia. E é tudo assistido por cientistas, militares, policiais/agentes, executivos, ricos, políticos, etc, usando displays ou óculos VR. Eles estão literalmente dentro de você. Através de tecnologias compatíveis com o X-37B, esses caras colocam via laser uma espécie de câmera GoPro 4K invisível na sua testa. Então eles têm a sua imagem, em primeira e terceira pessoa, e som em tempo real, não importando onde você esteja. Mas a espionagem remota, principalmente ligada a sexo, não é nenhum segredo. Dias atrás os principais sites de notícia informaram que existe uma brecha em smartphones que pode enviar o seu som ambiente para hackers ou terceiros (veja aqui). Isso é usado para ouvir vozes, conversas, sons e gemidos relacionados a masturbação e sexo. Para quem achava que apenas as conversas eróticas via WhatsApp estavam sendo monitoradas, isso é bem revelador.

 

Pergunta: “Pode falar mais sobre o plano macabro dos militares e cientistas de converter o planeta Terra num vídeo game estilo Second Life para o deleite deles e de ricos, políticos e influentes – quem pode patrocinar isso?”

Resposta: Sim, e isso já está em execução. O plano é converter, até 2054, cidades inteiras em ambientes 100% jogáveis estilo Society do filme Gamer. Lembrando que hoje já é possível dirigir o comportamento humano, que eles chamam de AVATAR, com um nível de sucesso de cerca de 85%. Foi construido um grande aparato tecnológico para isso. E tem milhares de pessoas agora mesmo, em laboratórios, até universidades, como Harvard, trabalhando de forma oculta nesse projeto. O grande problema aqui é que este mundo JÁ É UM SECOND LIFE PARA OS ALIENS. E quando falo de aliens, falo de três tipos: 1) MUNDANOS – são humanos como nós, mas estão em outras realidades/mundos/dimensões. Interagem conosco de forma invisível (entram aqui e ficam entre nós) ou via óculos VR para se sentir como nós, ou seja, como os AVATARES que eles COMPRAM e CRIAM. Possuem pactos e contato com os militares e cientistas do underground. Segundo esses militares e cientistas, foram esses MUNDANOS que criaram/moldaram/manipularam esse mundo ou travaram os humanos na definição de tempo, que só existe aqui, ou seja, PASSADO-PRESENTE-FUTURO. Eles manipulam todas as sensações humanas. Dirigem as emoções humanas. Controlam 90% este mundo. Vivem das sensações humanas e geram todo o tipo de prejuízo ao ser humano. Literalmente estão dentro dos humanos e nos consomem como baterias. Vivem vidas como no filme Surrogates. Só que diferente do filme, os robôs substitutos somos nós. Poderiam ser definidos como DEMÔNIOS. 2) SUB MUNDANOS – são híbridos e foram criados pelos MUNDANOS. São usados como trabalhadores. Tratam os humanos com desdém, pois é ensinado a eles que os humanos possuem um DNA inferior, praticamente estragado, e por isso eles podem fazer conosco o que bem quiserem. 3) NÃO MUNDANOS – a definição real de alien, pois não se parecem conosco. Esses seres tem outros interesses com os humanos, não há interesse em nos jogar ou se sentir como nós. Basicamente usam os corpos humanos para experimentos ou para outros propósitos, como captação/geração de energia, da mesma forma que usamos os animais. Possuem pactos e contato com os militares e cientistas do underground.

 

Pergunta: “Como esses malucos de outros mundos se conectam a realidade Terra para jogar o ser humano como um avatar estilo Second Life?”

Resposta: É bem simples. Funciona da mesma forma que o game Second Life. No óculos VR deles, que é bem pequeno, estilo óculos de sol esportivo, aparece uma tela estilo homepage do Second Life. Lá há opção de GRIDS para se conectar. É da mesma forma do client do SL (veja essa imagem para ilustrar). O planeta Terra, digo, o “Universo” conhecido pela ciência, é apenas um desses GRID (são milhões de GRIDS).  Quanto ao login, basta colocar o nome do AVATAR, ou seja, do seu ser humano, e a senha (que não é escrita, mas via reconhecimento facial). Cada um desses caras possui um ser humano (ou grupo, dependendo do poder dele), digo, AVATAR, mas também há roubo de logins e venda/aluguel de humanos. Dependendo do seu nível de poder/influência é permitido criar novos AVATARES, ou seja, humanos. Você escolhe a família, local, cidade, país, sexo, aparência, gostos, etc, e pronto, supercomputadores de Inteligência Artificial vão cuidar de gerar a “encarnação” (vida) do seu AVATAR. Para entender, é como se o Second Life permitisse criar um avatar que agisse de  forma  autoconsciente e automatizada. E você o controla de forma manual, digamos assim, apenas quando se conecta a ele. Sem isso ele vive uma vida própria e automática a partir da sua programação e configuração. Os humanos são assim para os aliens. E da mesma forma que o SL possui um shopping virtual, também há um MARKETPLACE de “Universos” (das realidades imersivas). E é vendido de tudo, até cometas.

 

Pergunta: “Se isso aqui é um jogo em primeira pessoa jogado no modo multiplayer, entre ‘aliens’ e nós mesmos em conjunto, então qual o objetivo do jogo? Talvez seja que a gente assuma o controle de nosso AVATAR?”

Resposta: Isso mesmo, em conjunto, pois nós também somos os jogadores de nós mesmos, embora estamos compartilhando nosso AVATAR com outros seres que mal conhecemos. Por isso esse mundo é muito bizarro, parece algumas vezes até randômico. O que era para acontecer, por lógica, não acontece, e o que não era, acontece. Isso é fruto dessa interferência que recebemos 24h de seres de todos os tipos, seja deste mundo ou não.  A questão principal é que ninguém consegue, mesmo os mais poderosos, obter o controle total dos humanos. Sempre há margem para influência de outros seres, que muitas vezes também estão invisíveis a eles, da mesma forma que eles estão invisíveis e nós. Parece que o que chamamos de Universo é uma grande bagunça, ao menos na questão humana. Se pararmos para observar, vemos uma grande diferença entre nós humanos e os animais ou a natureza. Parece que com esses há um equilíbrio, uma fluidez. Já com os humanos é tudo aos trancos e barrancos, um salve-se quem puder. A vida humana é bem bizarra se comparada com a natureza. Sobre o objetivo do jogo humano, sim, acredito que seja assumir o controle do AVATAR e deste mundo. É como se você conseguisse entrar dentro do Second Life e assumir o controle para ser o próprio AVATAR. Ou seja, o jogador passar a ser o personagem. Curiosamente, é que esses caras (os de dentro e de fora) querem conosco. Eles realmente tem um plano para assumir o controle total do AVATAR, se tornando o próprio humano. É o projeto MK ULTRA – onde MK significa MIND KILLER. O objetivo é matar a mente do outro para assumir o seu corpo com outra mente, a do novo JOGADOR. Por exemplo, o Obama coloca seu óculos VR, se conecta ao córtex cerebral da Kim Kardashian, aperta um botão para APAGAR/RESETAR a mente dela. Teoricamente, após isso, ele teria o CONTROLE TOTAL do corpo e da vida dela, e sem levantar suspeitas. A partir desse ponto a mente dela não precisaria ser mais manipulada remotamente, como é hoje, pois seria a mente do próprio Obama, com seus desejos e objetivos que dirigiria o comportamento dela. Então, a partir disso, teoricamente, ela apenas faria o que fosse do agrado dele. Um AVATAR 100% configurado para seu JOGADOR/PATROCINADOR. Que tal? Segundo informações que tive, isso, de certa forma, talvez não 100% configurado para atender aos desejos do  JOGADOR/PATROCINADOR, ou seja, sem MATAR O JOGADOR INTERNO, já é vendido hoje, por cerca de US$ 100 mi. Então, como no filme Surrogates, já há humanos abastados jogando e se sentindo 100% outros humanos. Só frisando que eles ainda não têm o controle 100% do outro. É cerca de  85% a influência máxima, mas pode ser muito menos, dependendo do valor SOCIAL/SEXUAL do AVATAR. Ficou para o ano de 2054 o deadline desses cientistas e militares para atingir a capacidade de QUEIMAR e mente do outro para destruir o seu JOGADOR interno e assim assumir o controle externo a 100% do corpo e vida dessa pessoa, e de QUALQUER HUMANO. Lembrando que somente a exposição desses planos já é o suficiente para sabotar o propósito desses caras, e assim assumirmos o controle total de nosso AVATAR. Quanto mais gente tomar conhecimento disso, melhor. E mais difícil se torna o controle mental remoto por parte de outros JOGADORES. É importante chamar a atenção para o fato que hoje o máximo que eles conseguem de controle mental e direcionamento de nossas vidas é 85%. Por isso alguns humanos já são praticamente robôs. Mas há muitos, principalmente os mais jovens, que estão conseguindo se desvencilhar do controle mental dissociando da realidade humana. Ou seja, questionando os padrões humanos, seus valores, as crenças, os objetivos, etc. Enfim, estão ficando mais autossuficientes. A autossuficiência é o que mais sabota os gatilhos externos para fazer X ou Y que são enviados para o cérebro humano 24h por dia por parte desses malucos. O oposto da autossuficiência é a carência, a dependência. É assim que eles controlam nossas mentes e vidas. Então, quanto mais ferrado você for, quanto mais vazio estiver, melhor será para eles. Mais será manipulado, nutrido e irrigado com ideias úteis a eles, na maioria das vezes ligadas a vícios e inseguranças, e convertido num robô estilo filme Surrogates.

 

Pergunta: “A série do Netflix Sense8 fala do novo ser humano com um novo DNA, com sentidos mais aprimorados e capacidades extra-físicas como teletransporte, telepatia, clarividência, telecinese, etc. Você acha que isso já está acontecendo e os caras principalmente da CIA/FBI/Pentágono e demais serviços secretos do mundo estão caçando, como você? Nessa série também há uma caça aos novos humanos que conseguem se conectar com os outros de forma consciente. Parece que os chefões deste mundo não querem que o ser humano evolua e obtenha novos poderes. Isso vai contra o plano de escravizar a raça humana, tomando o controle total (Takeover) de todos AVATARES e CIDADES, certo?”

Resposta: Isso mesmo, a série Sense8 ilustra a ideia de um novo ser humano com muito mais poder e recursos. Na série isso é fruto da evolução, de uma nova espécie de homo sapiens. Só que não é bem isso. Não há nenhuma evolução humana em curso. Nós já somos evoluídos. Estamos é totalmente travados e configurados de uma forma grotesca, sem poder algum. E é até pior do que isso. Não tenho dúvidas de que os poderes humanos, estilo série Sense8, foram roubados por seres de outras realidades. Acredite, eles estão usando agora mesmo nossos poderes mentais roubados ou configurações originais que eles chamam de “configuração original de fábrica” para nos travar, manipular e copiar. Isso parece ser bem óbvio. O mais bizarro é que eles ludibriam os militares e cientistas do underground com promessas absurdas de que esses sujeitos um dia terão todos os poderes mentais mostrados na série Sense8. Precisamos entender que hoje esses militares e cientistas do underground não possuem poder algum em um nível mental, apenas tecnológico. Mas é prometido a eles que em breve terão poderes X-Men, basta seguir tramando e conspirando contra a espécie humana. É triste ver que esses sujeitos estão sendo passados para trás pelos seus próprios vícios e desejos, principalmente ligados ao erotismo e sexo. E o mais triste ainda ver que esses cientistas e militares do underground então enganando, da mesma forma, os líderes do planeta, como chefes de estado, senadores, executivos, ricos, juízes, promotores, diretores de agências governamentais e de polícias, etc. Enfim, quem pode financiar e proteger os projetos ultrassecretos de subjugação da raça humana e prática de todos os crimes de forma oculta.

 

Pergunta: “Para quem está chegando agora e achando isso tudo muito interessante e quer entrar mais a fundo na dissociação da realidade humana para recuperar de volta seus poderes extra-sensoriais (ativação da glândula pineal), o que você recomenda para assistir? Algum filme ou série em especial?”

Resposta:  Vá no Netflix e veja toda a série Black Mirror. É extremamente inteligente e ilustra tudo o que estou falando aqui.  

 

Pergunta: “Se este mundo é um jogo em primeira pessoa estilo multiplayer com o objetivo de dissociarmos da realidade, ou seja, de pessoas, objetos e situações, e assim associarmos a nós mesmos, a nosso Deus interno, Eu Superior, Espírito, essas coisas, desconectando nossa mente dos computadores e tecnologias dos filhos da puta que nos escravizaram aqui e nos usam como baterias, e assim adquirindo o controle de nossa realidade e corpo físico para configurá-los da forma como quisermos, como fazemos no Second Life, até mesmo com a capacidade de mudar de sexo e ser quem quisermos ser, então onde esta realidade imersiva está rodando? Em supercomputadores, os mainframes, que nem o mundo digital que só existe dentro de computadores do episódio San Junipero da série Black Mirror, mas é 100% real e físico? É um mundo rodando dentro de outro sem que ninguém desconfie?”

Resposta:  Não tenho dúvidas disso. Este mundo com certeza está rodando dentro de outro. E essa não é uma crença minha. É o que os caras que estão no controle do planeta Terra acreditam. Uma das primeiras informações ultrassecretas que tive acesso é que “este mundo é visto por todos e está dentro de outro”. Isso corrobora com a ideia que todo o Universo conhecido pela ciência é uma grande fraude, ou seja, é apenas um GRID estilo Second Life, e quem acessa este “Universo” de forma digital, via óculos VR ou tecnologias similares de imersão em outra realidade via manipulação do córtex cerebral, está fora deste mundo, similar com o filme Matrix e suas cadeiras imersivas. Filmes como o Show de Truman também confirmariam isso. Lá o diretor fala em “um mundo dentro de outro”. Sobre onde estaríamos, isso ainda é um mistério. Podemos estar dentro de qualquer mundo. Mas se quer uma ideia que muitos cientistas e militares do underground acreditam e não revelam nem para os chefes deles, é que estamos dentro do mundo chamado Sírius A. Curiosamente, no filme Show de Truman, uma associação a isso é mostrada quando uma lâmpada com a referência da constelação Cão Maior do hemisfério celestial sul cai do céu, ou seja, do alto da redoma, do estúdio que a vida de Truman está rodando (veja aqui). Então é possível sim que este mundo, e não só o planeta Terra, mas tudo o que a ciência chama de Universo, seja digital e esteja dentro de mainframes num mundo chamado Sírius A. Lembrando que os seres de Sírius A também seriam humanos, só que aparentemente mentalmente destravados e/ou com uma tecnologia muito a frente da nossa, obviamente. Algo que gostaria de lembrar é a ideia de uma espécie de “tempo dentro de tempo”. Parece que é assim que esses seres que provavelmente estão fora deste mundo controlam isso aqui. Uma referência interessante sobre a ideia de “tempo dentro de tempo” está no episódio White Christmas da série Black Mirror. Parece que é possível rodar uma realidade dentro de outra com linhas de tempo próprias. Através desse delay seria possível ter o controle da subrealidade. É assim que vejo o controle externo deste mundo.

 

Pergunta: “Ontem assisti ao vivo o discurso de despedida do Obama e tive uma sensação muito estranha. Parecia que não era um evento live. Também tenho notado algumas mudanças na minha realidade. É como se a realidade a minha volta não estivesse mais sincronizada com a minha mente. Aquela sensação de que tudo que está acontecendo na minha vida já aconteceu, sabe? Como se o decoder da TV por assinatura que grava ao vivo estivesse em delay, entende? E você não estivesse assistindo a programação ao vivo, mas com um atraso porque você voltou alguns minutos no controle remoto. Você acha isso são sintomas da dissociação da realidade humana a um nível hardcore? Ah, só para deixar claro que não estou tendo problemas com isso. Não estou ficando confuso ou tendo problemas no aspecto social. Minha vida parece que está até melhorando, ando mais confiante e todos me tratam melhor. Até as garotas atraentes. Parece que estou mais no controle da minha vida. De alguma forma todas essas ideias do blog estão me ajudando muito.”

Resposta: Com certeza. E eu já passei por isso. São sintomas típicos da dissociação da realidade humana juntamente com uma despersonalização, ou seja, um reset da sua consciência para a “configuração de fábrica”, seu nascimento. O seu eu digital está se desintegrando. É uma preparação para você acessar outros eus digitais e influenciá-los, persuadi-los, até mesmo controlá-los. E também para acessar outras dimensões alternativas. Em breve você vai entrar numa configuração de “tempo dentro de tempo”. Você vai se sentir uma espécie de Traveler – viajante do tempo. É assim que os humanos que controlam esse mundo se veem. E aparentemente é a única forma de controlar a sua realidade psiquicamente é se vendo como um “viajante do tempo”. Basicamente você se quebra em dois. Daí fica uma consciência sua focada 100% no AGORA, e outra consciência sua retrocede para o PASSADO e/ou avança para o FUTURO. Assim você consegue, de certa forma, estar em duas realidades simultâneas e editar a sua timelapse. É como se você fosse a própria máquina de viagem no tempo.

 

Pergunta: “Poderia falar um pouco mais sobre os projetos secretos de bases militares ultra hiper hi-tech tipo ÁREA 51?”

Resposta: Tive acesso a vários projetos ultrassecretos. Alguns eu revelei no post anterior, nas minhas denúncias. Ainda não posso falar sobre o mais secreto de todos. Talvez o projeto mais secreto do planeta Terra e que os cientistas e militares da ÁREA 51 estão trabalhando nesse exato momento. Uma dica: tem a ver com a resposta acima e o verdadeiro projeto MKULTRA, que vai muito além de tortura eletrônica/remota. Na hora certa vou revelar exatamente como esse projeto funciona, pois tive acesso a todo mecanismo que envolve esse evento. E posso dizer que é coisa de filme sci-fi. Posso falar aqui de algo mais simples, como um relógio hi-tech estilo James Bond que afeta o comportamento humano das pessoas que estão em volta. Há vários comandos nele, ou seja, gatilhos mentais para afetar o comportamento humano do indivíduo alvo, como COMER, BEBER, DORMIR, SENTAR, SE APAIXONAR, SE EXCITAR, SE AFASTAR, SE APROXIMAR, etc. Isso mesmo, como se o indivíduo alvo fosse um cachorro. Acredite, isso existe desde os anos 90 e é comercializado a chefes de estado, senadores, juízes, bilionários, etc.

 

Pergunta: “Ainda sobre a formatação do nosso AVATAR, que você chama de eu digital, pode explicar melhor essa questão? Hoje é como se nosso AVATAR estivesse corrompido com tanta alteração psíquica e metabólica, pois somos bombardeados diariamente pelas armas e tecnologias eletrônicas sensoriais-metabólicas-psíquicas dos militares e cientistas do underground que dirigem nosso comportamento a mando dos bilionários e suas grandes corporações? É assim que eu me sentia antes de estudar esses assuntos. Parecia que eu era um notebook cheio de porcaria e que precisava urgentemente de uma formatação e atualização de sistema operacional. De alguma forma, e com a sua ajuda, acho que estou fazendo um upgrade de mim mesmo.”

Resposta: O que você falou é perfeito. É assim mesmo. O ser humano está todo destruído com mais de um milhão de experimentos psíquicos e metabólicos dos americanos e russos em mais de um século. O corpo e a mente humana se tornou uma desgraça total. Basta ver que as doenças mentais e físicas só aumentam, ano após ano. Pela lógica, com o avanço da medicina e tecnologia, não eram para estarem diminuindo? Com certeza tem algo muito errado aí acontecendo de forma oculta neste mundo. Esses caras estão escondendo algo de nós. E acredite, eles não vão confessar que destruíram o ser humano por causa da obsessão de controle mental, principalmente com o propósito de fazer sexo com qualquer humano (sem que ele saiba). Esse é o grande objetivo dos militares e cientistas de bases secretas como ÁREA 51.  Sim, o grande propósito de uma base militar secreta é… SEXO. Não se iluda, é SEXO mesmo. Por causa disso tudo eu falo, se você não quer se converter numa espécie de robô estilo filme Surrogates desses malucos, o melhor a fazer é resetar a sua mente, a sua máquina, o seu AVATAR. Lembre que hoje o seu eu digital é fruto deles, e atende aos propósitos deles, não seus. E por isso hoje você não é feliz, e usa os produtos e serviços que eles vendem para fingir que é. Uma ruptura da realidade humana em conjunto com uma completa despersonalização é a única forma de se proteger da influência psíquica/metabólica desses caras. E todos os meios para se conseguir isso, a sua completa liberdade, estão disponíveis, praticamente de graça, na internet mesmo. Só seguir as pistas.

 

Pergunta: “Ok, se eu entendi as suas ideias eu sou o JOGADOR do meu AVATAR, que não foi criado por mim, mas por outros JOGADORES e pelo SISTEMA. Porque se há uma influência de até 85% no comportamento humano e na minha personalização desde o berço, então eu não sou eu mesmo. Sou fruto dos outros, fui criado para os outros, para atender propósitos de outros, até da minha família. Isso procede? Então se eu não sou eu mesmo e não sou o AVATAR, mas o JOGADOR de um eu digital que é totalmente construido para atender aos propósitos do SISTEMA e de terceiros, como adquirir o controle de mim mesmo e ser eu mesmo? Na verdade, quem sou eu? Ou será que não existe eu nenhum e devemos apagar o eu digital e ficar apenas numa espécie de modo observativo e reativo, reagindo aos outros e as situações da vida de uma forma adaptativa e inteligente sem se comprometer com nada nem ninguém e sem querer ter uma personalidade própria, mas sim uma espécie de personalidade plástica, maleável, que incorpora e usa vários eus digitais simultaneamente numa espécie de hiper redundância, saindo e entrando de vários eus digitais como um ator de Hollywood e também usando outras consciências em paralelo e de forma remota para nos ajudar a conseguir o que queremos igual aos sensetes da série Sense8? Acho que isso seria o ideal para ter qualidade de vida e quem sabe um dia, como você disse, adquirirmos as mesmas possibilidades de um AVATAR do Second Life, mudando até mesmo de shape e sexo num mesmo AVATAR. O que você acha?”

Resposta: É isso mesmo. Na verdade, eu não acho que devemos ter um eu digital ou uma personalidade, já que hoje nossa personalidade é fruto de um SISTEMA falido e que está totalmente focado em DESTRUIR a nossa vida. Eu não tenho dúvidas, se nada for feito isso vai levar a extinção da raça humana em poucas décadas. A única forma de salvarmos a raça humana é havendo uma destruição do eu digital, que é carregado de supercomputadores dos americanos, e também uma despersonalização total de si mesmo para parar de ser influenciado pelas grandes corporações que financiam inúmeros projetos de subjugação do ser humano e controle mental. É a única forma de desconectar do SISTEMA americano que foi construído para consumir você como uma bateria e depois jogar fora, para então gerar outro bebê e tudo se repetir até a extinção total da raça humana – objetivo dos aliens que estão por trás desses caras.

 

Pergunta: “Se eu entendi bem esse não só é um jogo multiplayer mas também temos vidas no modo multiplayer, porque parece que os AVATARES são compartilhados. E se isso é verdade então têm vários JOGADORES agora jogando comigo o meu AVATAR. Isso é bem chocante, cara! Como faço para kikar os outros JOGADORES do meu AVATAR, ou seja, da minha vida e adquirir independência no meu jogo? Talvez isso explique porque a minha vida foi sempre tão confusa!”

Resposta: Isso é uma verdade absoluta. Talvez a verdade mais chocante que a raça humana vai ter que administrar quando isso vir a público. Acredito que em breve tudo isso será público. Realmente, sempre houve vários malucos atrás de cada ser humano, seja humanos ou não humanos, principalmente os híbridos que eu chamei aqui de SUB MUNDANOS. A interferência externa é certa em todas as vidas humanas. Toda vida humana é dirigida de forma remota, ou por supercomputadores de inteligência artificial, e/ou por malucos que usam vários recursos para literalmente entrar dentro de você e te operar, te editar, te sugar, te copiar, te torturar e finalmente te matar, como óculos VR com joystique PS3, óculos VR hi-tech com controle via processos mentais, comandos de voz, laptop com software especial, holograma, mesa display, cadeiras Matrix, camas Surrogates, displays Gamer, TV com sensor de movimento estilo Nintendo Wii, cápsulas neurais, etc. Há uma vasta parafernália hi-tech criada para JOGAR, EDITAR, CONSUMIR, COPIAR, TORTURAR e MATAR o ser humano, seja a partir deste mundo, e principalmente de fora. Como proteger o seu AVATAR desses intrusos? É simples, seja mais dissociado que eles. Dissocie urgentemente da realidade humana para deixar de ser operável e consumível. A melhor dica é: não tenha vícios, medos irracionais e nem obsessões. Eles se alimentam das emoções oriundas da fragilidade humana. Cuide muito bem de ser autossuficiente, seguro de si mesmo, corajoso e o menos carente possível. Esses seres são como DEMÔNIOS, exploram as suas fraquezas e assim dirigem a sua vida, fazem você fazer coisas que você jamais faria se estivesse no controle das suas emoções.

 

Pergunta: “Você disse que a prioridade desses experimentos clandestinos que os cientistas e militares do underground executam em nós é o controle mental, principalmente para fazer sexo conosco sem que saibamos. Como isso funciona? É aquilo que você falou nas denúncias sobre a masturbação assistida onde eles fazem você se masturbar, trocar de roupa, tomar banho ou fazer sexo com outra pessoa e depois assistem em tempo real e gravam tudo para também se masturbarem ou debochar da gente gerando motivos para nos torturar e nos humilhar? Pode dar mais detalhes sobre esse crime? E quais as consequências?

Resposta: Isso, e eles não só se masturbam ou denigrem a sua imagem, mas também comercializam os seus vídeos íntimos. Foi criado um grande comércio no underground do planeta numa espécie de deepweb, uma internet paralela a nossa, dentro da nossa própria internet. Por exemplo, como já denunciei no Instagram, na conta MKULTRABR, o YouTube está cheio de vídeos ilegais, como de pedofilia, estupro, crimes, torturas (até de bebês e crianças), mortes, assassinatos, etc. Tem também canais Live, com conteúdo streaming via câmeras ocultas de casas de celebridades (e de pessoas comuns), de creches, escolas infantis, motéis, hotéis, banheiros, vestiários, provadores de lojas, camarins e banheiros de artistas em estúdios de TV, como Estúdios Globo – que eu tive acesso a uma espécie de Big Brother de vasos sanitários, etc. Nós quando entramos no YouTube não vemos nada, mas esses caras veem. Para ter uma ideia, eles conhecem mais você do que você mesmo. E muitos se acham o seu dono. Se você não satisfazê-los eles te torturam, até te matam. Tudo de forma remota e sem você perceber nada. Importante: nos ajude a fazer pressão para que as polícias de todo o mundo investiguem isso. Até agora, 7 meses depois das primeiras denúncias, elas ainda se recusam a investigar e estão todas caladas. Acesse os sites oficiais das seguintes polícias e denuncie também enviando o link deste blog para elas: Polícia Federal do Brasil \ Polícia Civil do Estado de São Paulo \ FBI \ Interpol \ Europol.

 

Pergunta: “Você poderia dar exemplos reais da influência desses caras e tecnologias na nossa vida através do controle mental e manipulação da realidade a nossa volta?”

Resposta: Vou dar dois exemplos que foram gravados em vídeo. O primeiro é essa morte bizarra. Foi um supercomputador de sistema carmático que matou o motociclista (eu expliquei aqui como os EUA mata você quando atinge 50 mil num sistema de pontuação de carma, e que é totalmente fraudado). Ele é um supercomputador quântico do Pentágono que, através de armas remotas de energia dirigida, tem o poder de moldar a realidade a nossa volta afetando pessoas, objetos e até o clima. O segundo exemplo é o caso do motorista que atropelou um grupo de ciclistas. Esse motorista foi JOGADO de forma remota por terceiros. Isso é coisa simples, de joystique ou até laptop. Basta dar fúria no indivíduo alvo e depois fazer ele acelerar o carro. Eu não tenho dúvidas que o bancário Ricardo Neis é totalmente inocente. O cérebro dele recebeu impulsos de forma externa, sem chance de se desvencilhar, ou seja, sem dar chances dele usar a sua inteligência, a sua própria consciência que estava sob controle de uma consciência/inteligência externa. Juridicamente, deveria ser inocentado. O mesmo se aplica ao caso Maníaco do Parque, Caso Suzane von Richthofen, ataques a escolas americanas, etc. Todos os grandes crimes, principalmente de grande repercussão e ligados ao assassinato e estupro, principalmente de crianças, adolescentes e mulheres, e também de suicídio, DEVEM ser reabertos para ver quem estava por trás do indivíduo alvo, que na verdade é a vítima, não o culpado. Esses malucos estão literalmente jogando o ser humano como um personagem de vídeo game para praticar todo o tipo de crime usando terceiros e assim se desvencilhar de consequências. Lembrando que mesmo estando por trás do “criminoso”, ou seja, do indivíduo alvo, eles consomem todas as sensações corpóreas da vítima no ato do crime, pedofilia, roubo, acidente, estupro, suicídio, assassinato, morte, etc, pois se sentem como se fossem ela mesma. Na verdade, eles são elas mesmas no ato. Para entender, é igual a cena da série Sense8 quando o Sussurros invade o corpo do doente psiquiátrico lobotomizado e comete um assassinato. Detalhe: todos generais do Pentágono (e o Diretor do FBI James Comey) sabem muito bem disso e usufruem desse sistema remoto de direcionamento, manipulação, controle, consumo e destruição de vidas, principalmente na questão sexual. E eles mantém isso sob sigilo total. Juraram (com pactos de sangue) que vão morrer sem confessar que sabem de tudo.

 

Pergunta: “Então o corpo humano foi hackeado e é usado por terceiros, é isso que está dizendo? Nosso corpo não pertence a nós mesmos? Nossa vida é uma farsa, foi criada para atender aos propósitos de terceiros?”

Resposta: Perfeito. O corpo humano não pertence a nós. Nossas vidas não são para nós. Nosso corpo e vida é de propriedade de um grupo de americanos e russos (e seus parceiros) que possuem pactos e parcerias em diversos projetos de engenharia biológica, psíquica e dimensional com inteligências (sintética e biológica) de outras realidades, dimensões ou timelapses. Foi o que Morpheus revelou ao Neo em Matrix (vídeo1 \ vídeo2 \ vídeo3).

 

Pergunta: “Se hoje de-US são os americanos que usam supercomputadores quânticos para nos gerar e depois dirigir toda a nossa vida, nos consumir e em seguida nos matar, então estamos vimos para suprir as necessidades desses caras. A saída é destravarmos o de-US interno, nos unindo a outros estados mentais, a outras consciências/inteligências humanas mais úteis, e formando assim uma aliança para a troca de conhecimento, habilidades e recursos para nos desvencilhar da escravidão mental e corpórea, igual fez os EUA e se tornou o país mais forte do planeta?”

Resposta: Isso mesmo. O que os EUA fez nós vamos fazer no próprio corpo. Hoje de-US é o DEMÔNIO. É um de-US viciado, corrompido, egoísta, sádico, pedófilo, torturador, perverso e assassino. Ele brinca de bem e de mal. Ele dá esperança e depois desesperança. Estamos vivos para desconectarmos desses supercomputadores quânticos dos americanos que dirigem toda a nossa vida, desde o nascimento até a morte, para nos conectarmos ao nosso de-US interno e assim destravar todos os poderes humanos que estão ilustrados e profetizados em filmes, séries, desenhos animados, games, livros, religiões e mitologias.

 

Pergunta: “Em Matrix, Morpheus diz que somos baterias das máquinas, as inteligências que nos criam, usam, matam. Até agora parece que ninguém conseguiu decodificar essa mensagem. Para você o que significa ser bateria de uma raça de máquinas ou inteligências sintéticas/artificiais? E como esses seres nos usam como usina de energia? O que eles ganham com isso? Imortalidade? Poderes tipo do francês de Matrix que é o chefe dos vampiros e faz as mulheres se excitarem para depois fazer sexo com elas?”

Resposta: Eles ganham prazer e conforto ilimitado. Basicamente, ao estarem conectados em nossos corpos, eles ficam com a parte boa do planeta Terra, e nós, com a pior parte, ou as migalhas que sobram do consumo sensorial deles. Eles também usam nosso sistema imunológico, nossas células, sujando nosso DNA com todo o tipo de lixo. Eles não possuem doenças ou sensações indesejáveis, como MEDO, INSEGURANÇA, VERGONHA, INQUIETAÇÕES, PARANOIA, etc. Isso está tudo bloqueado por tecnologias que filtram dos corpos humanos apenas as sensações prazerosas. E pior, enviam de volta para nós tudo isso, mais MEDO, INSEGURANÇA, VERGONHA, INQUIETAÇÕES, PARANOIA. Então, por exemplo, eles fazem você se masturbar ou fazer sexo com alguém, sentem o seu prazer sexual (ou do seu parceiro), tem o orgasmo na mesma hora, e depois enviam CULPA, vergonha e PARANOIA a você (e até doenças). Eles também nos enviam todas as doenças que eles deveriam ter, mas conseguiram bloquear através do que eles chamam de dissipação, onde as doenças físicas e mentais deles são todas enviadas diretamente para dentro de nossos corpos. Desta forma, esses seres, que não são máquinas coisa nenhuma, mas humanos como nós, conseguem viver até 1000 anos. E estão aqui mesmo, no planeta Terra, muito bem escondidos ou camuflados. Detalhe: após os 60 anos eles param de envelhecer. Por isso são todos nessa faixa de idade. Isso explica o que Morpheus não revelou para nós em Matrix.

 

Pergunta: “Humanos vivendo na faixa dos mil anos, isso é relatado na Bíblia no velho testamento, não é? Parece que houve um tempo que isso era normal. Por que será que voltamos a viver no máximo 100 anos?”

Resposta: Isso mesmo, nenhuma novidade. Mil anos é o default para este mundo. A questão de vivermos no máximo 100 anos é artificial. São os supercomputadores quânticos do Pentágono, juntamente com suas armas sensoriais, psíquicas e metabólicas que matam você 24h por dia ao destroçar a sua psique e o seu metabolismo. E isso é apenas uma configuração. Segundo informações que tive da ÁREA 51, foi estipulado uma média de 52 anos para a vida humana. É só uma configuração de computador. Mude isso nos computadores que os humanos chegam até aos 1000 anos como os líderes internos do planeta Terra. Lembrando que outros humanos, de outras dimensões, timelapses, principalmente do que podemos chamar de “futuro”, e que realmente controlam este mundo, pois JOGAM os líderes internos da Terra, vivem muito mais do que 1000 anos. Eles já conseguem chegar a 30 mil anos. Curiosamente, no Hinduísmo, em tipos de mundos ou eras, fala-se que a próxima era, compatível com a ideia Cristã de Nova Jerusalém, e que também fala num mundo mais justo, terá uma expectativa de vida humana na faixa dos 4000 anos, o chamado Satya Yuga. Então é um indício que tem algo artificial hoje com os humanos que estão vivendo no máximo 100 anos, e a maioria morrendo muito antes disso, e de forma horrenda.

 

Pergunta: “Então esses filhos da puta possuem tecnologias e armas futuristas de controle mental e metabólico para consumir o ser humano como comida? Isso é extremamente grave! O planeta Terra é apenas uma usina geradora de energia para esses caras? Parece a mesma história de Matrix que ficou um pouco confusa no filme. Agora dá pra ter uma ideia da gravidade do problema e o que é realmente a Matrix.”

Resposta: Essa é uma boa explicação. O que chamamos de planeta Terra é na verdade uma usina geradora de energia para terceiros usufruírem da parte boa da realidade humana. Eles copiam de tudo e depois emulam em simulacros, como corpos (shapes), skins, cabelos, acessórios, roupas, objetos (qualquer um), alimentos, fetiches, sensações sexuais, cheiros, sabores, emoções, etc, até tecnologias, situações, ambientes completos e todo o tipo de distrações que são geradas pela adaptação a influência psíquica e corpórea desses humanos hi-tech, enquanto enviam para cá todo o esgoto do mundo deles. O planeta Terra também é conhecido nesses mundos hi-tech, que sugam os humanos como baterias, como “lixo cósmico” ou “esgoto cósmico”. Não esqueça que esses caras criaram uma tecnologia hi-tech que literalmente suga o metabolismo humano, como se estivessem consumindo nosso sangue, energia ou alma. Por isso os humanos estão sobrecarregados e não conseguem se desvencilhar das doenças. Tive acesso a informações que dizem que o corpo humano deveria se adaptar a todas as doenças do planeta sem adoecer. Hoje só não consegue em razão da influência dessas tecnologias que SUGAM nosso metabolismo como se fossem vampiros. Com essas tecnologias eles vivem até 30 mil anos, enquanto que os humanos são destroçados a cada segundo. Acredite, de uma simples acne até um câncer terminal, é tudo fruto de influência externa desses caras e suas tecnologias, e sem chance de se desvencilhar. E o pior é que não é apenas uma questão de consumo energético, como se fôssemos simples gado. É muito pior. Todos humanos são vítimas 24h de grupos de Gang Stalking, onde o objetivo é perseguir, copiar, modificar a vida (para atender aos objetivos deles), humilhar, piorar e até destruir totalmente a vida do que eles chamam de indivíduo alvo. Hoje no planeta Terra, no seu underground, há cerca de 500 mil trabalhadores sádicos que passam o dia influenciando e modificando a vida humana. Essas aberrações foram criadas e nutridas pelos EUA, Rússia, Israel, China e Japão. Eles não se veem como humanos, embora, a maioria deles, tenha a nossa aparência. Se veem como muito superiores aos humanos e estão conectados a supercomputadores e seres humanos, chefes deles, que injetam 24h por dia ideias de inveja, perseguição, paranoias e vingança contra a raça humana. Muito triste ver que os EUA, a Rússia, Israel, China e Japão criaram em seu subterrâneo verdadeiras cidades ocultas, sem conexão com a superfície, com verdadeiros DEMÔNIOS que passam o dia conspirando contra a espécie humana. E o objetivo deles é matar um por um dos humanos até 2100 para reformatar o planeta numa espécie de ambiente Society do filme Gamer, com cada novo ser humano convertido em robô Surrogates e 100% operável remotamente como um personagem de vídeo game. Detalhe: é ensinado a eles, desde criança, que estão em outro mundo, realidade ou dimensão. Eles não sabem que estão no subterrâneo do próprio planeta Terra que odeiam e conspiram contra.

 

Pergunta: “Você está dizendo que esses caras estão trabalhando numa espécie de Boa-noite Cinderela (predator drug) eletrônico para estuprar mulheres e crianças?”

Resposta: Sim, esse é o objetivo do projeto MKULTRA, o estupro/roubo de qualquer ser humano sem que ele saiba. Mas não o objetivo final. O objetivo final do projeto MKULTRA é bem mais assustador do que apenas estuprar ou roubar quem quer apertando botões ou dando comandos de voz para desorientar ou neutralizar essa pessoa. E eu não quero falar ainda. Não é a hora. Só é bom salientar que uma espécie de Boa-noite Cinderela (predator drug) eletrônico e remoto já é aplicado em toda a raça humana. Somos roubados e estuprados 24h por dia por esses caras que conhecem nossas vidas mais do que nós mesmos. Ir para a parte física, num roubo ou estupro físico, violando nosso lar e corpo, é apenas questão de mais alguns anos de experimentos e desenvolvimento de novas tecnologias hi-tech de manipulação psíquica e metabólica. Se eles não forem parados, isso vai acontecer mesmo.

 

Pergunta: “Pode falar mais sobre como funciona o sistema Matrix?”

Resposta: O sistema MATRIX é um sistema focado no ser humano. É um sistema onde tudo o que ocorre no Universo (tudo o que o Hubble mostra) é oriundo da mente humana e seus comportamentos. Então é ensinado a todos os seres do Universo (de outros planetas e realidades ou dimensões) que o ser humano é responsável e o grande culpado por tudo. Com essa ideia, os líderes de cada mundo instigam seus trabalhadores, dos que conhecem outras realidades, porque a maioria desconhece como aqui na Terra, a interagir de uma forma que influencie negativamente cada ser humano. A partir disso é gerada diversas justificativas para dar partida a uma série de atos e comportamentos, que geram uma série de eventos e situações, que embora para nós sejam absurdas, para eles é totalmente crível e lógico, pois é só reação justa às nossas “ações ilegais”, para que nos rastreiem, observem, modifiquem, copiem, usufruam e posteriormente prejudiquem os seres humanos, até mesmo vindo a nos matar. É importante ressaltar que embora alguns seres tenham a intenção de ajudar os seres humanos, eles acabam prejudicando. A razão disso é que eles foram criados e nutridos pelos chefes da MATRIX. Então a interferência e “ajuda” desses seres benévolos é totalmente controlada e conveniente com os propósitos dos donos da MATRIX. Isso serve para outros mundo e para aqui mesmo, dentro do planeta. Há muito mais informações sobre isso. Em breve posso revelar como funciona os mecanismos da MATRIX e como o ser humano é prejudicado 24h por dia por um sistema que foi criado para consumir as formas e sensações humanas para o benefício de quem está por trás desse mundo, seja aqui dentro ou fora.

 

Pergunta: “Criar um mundo aqui na Terra como no filme Surrogates parece uma ideia maluca, mas possível. Quem sabe no futuro sejamos ciborgues em primeira pessoa, ou em terceira, operando nosso robô remotamente. Afinal, a ideia é termos corpos mais interessantes, na aparência e em poderes. A questão é, será que isso já não foi criado por quem está fora deste mundo, já que você disse que esses seres de outras realidades tem o poder de nos criar, editar, jogar e até matar? O tal “planeta Terra” e todo o Universo que a ciência diz que existe junto não é um videogame de seres de outras realidades ou dimensões? Ou quem sabe um experimento tipo dos aliens greys? Depois de ler tudo o que você revelou acho que é totalmente possível e lógico. Eu não acredito em mais nada que a ciência fala!”

Resposta: A informação que tenho é que este mundo é um videogame de vários tipos de seres (humanos e não-humanos). Outro dado chocante é que cerca de 60% da raça humana é formada do que eu poderia chamar, de certa forma, de robôs Surrogates completos – obs: não estou dizendo que somos ciborgues, foi só para dar o exemplo de controle via inteligência/consciência externa. Esses humanos, que na maioria são os de uma faixa etária mais velha, são 100% operados de forma remota, externa a esta realidade, da mesma forma que comandamos os AVATARES do game Second Life, que está em outro mundo, num mundo, considerado pelos humanos, obviamente como digital. A questão é que esses seres não veem uma diferença entre mundo físico e digital. Então fica um pouco complicado explicar como eles no veem, mas é certo que somos apenas personagens num videogame. A outra parte dos seres humanos, cerca de 40%, os de uma faixa etária mais nova, são vistos por eles como robôs autômatos, SCRIPTS ou AVATARES autoconscientes. É como se o Second Life permitisse a criação de AVATARES autômatos, autoconscientes, que são jogados automaticamente. E alguns fosse permitido jogar de forma manual, assim dizendo. Com o grupo restante, esses 40%, os jogadores tem dificuldade de operar, mas não deixam de influenciar toda a vida e também consumir as sensações corpóreas e copiar todos os objetos desses humanos. Eles operam uma espécie de COPYBOT, igual no game Second Life. Passam o dia paranoicos caçando o melhor corpo (shape), skin, cabelo, maquiagens, roupas, acessórios, carros, casas, ambientes, sensações, sabores, linguagem corporal, danças, etc. Depois eles emulam tudo em ambientes simulacros igual ao filme Matrix. Mas não esqueça que eles também estão aqui dentro, usando a realidade Terra, invisíveis, que eles também veem como um grande simulacro ainda virgem, uma espécie de sandbox do Second Life.

 

Pergunta: “O que você fala parece coisa da nova era, quinta dimensão. Eles também dizem isso. O que está acontecendo nesse momento é uma conversão do mundo físico para o digital ou holográfico. Em breve a realidade a nossa volta vai parecer filme de ficção científica.”

Resposta: Ver o que chamamos de vida como algo “digital”, ou seja, um jogo imersivo em primeira pessoa é útil. Foi assim que esses caras conseguiram o controle disso aqui. Eles não são subordinados as leis da física. Não são subordinadas as limitações dos corpos humanos. Não acreditam em mundos físicos. Eu não tenho dúvida, basta seguir dissociando das típicas ideias humanas para explicar e “controlar” a realidade, todas absurdas e inúteis, que em breve você vai se ver dentro de um game estilo Second Life sendo o próprio AVATAR, e com possibilidades infinitas. É tudo gerado pelo cérebro.

 

Pergunta: “Se tudo é gerado pelo cérebro, então vivemos num simulacro criado por nós mesmos, como se fôssemos supercomputadores quânticos, mesmo que estejamos dentro de outros supercomputadores, digamos físicos, fora de nós mesmos, os mainframes que geram simulacros e talvez nosso próprio corpo e vida. Pensando por essa perspectiva não podemos mais separar mundo físico de digital, sonho de realidade, não é? Pode ser tudo a mesma coisa. O que devemos focar é na libertação de nossa mente do padrão de vida que nos é ensinado desde criança (que atende o propósito de terceiros, aqueles que nos programaram) para destravarmos o poder de editar nossa realidade e criar o que quisermos com nosso cérebro. O que acha?”

Resposta: Correto, é um grande perigo separarmos o físico do digital, o sonho da realidade. Isso sempre vai dar margem a manipulações e paranoias do tipo, “o que tem fora deste mundo?”, ou “Como eu faço para acordar?”, como aconteceu em Vanilla Sky, ou muito pior, afirmações estúpidas do tipo “eu estou fora da Matrix” ou “eu controlo os outros”. Isso é um problema, pois nunca saberemos se estamos realmente “fora de um mundo” e se estamos livres da manipulação de terceiros. Por que, mesmo que conseguirmos controlar os outros, não será para outros usufruírem? Quem nos fez controlar os outros? E mesmo que nos libertemos desses, ainda seguiremos sendo controlados pelo propósito de controle, e dos controlados. É a crítica que muitos fazem ao Morpheus de Matrix. Como ele sabe que está fora da Matrix, ou seja, do controle? Para mim, a cidade Zion, dos fugitivos da Matrix, ainda é a Matrix, pois segue controlando os humanos num mundo de expectativas, a própria libertação da Matrix. Será que esses humanos salvadores também não estavam sendo usados pelas máquinas como usinas de energia? Eles não estariam em outro sonho coletivo? E eles libertaram o que? E para quem? Será que realmente as máquinas foram vencidas? Será que elas existiam? Ou é tudo mais uma simulação neuro-digital para atingir algum propósito de alguém que está mais dissociado da subrealidade e por isso vê o que não vemos?

 

Pergunta: “Se tudo de certa forma é sempre a Matrix, um sistema de controle, o objetivo desse jogo imersivo em primeira pessoa que chamamos de vida ou “planeta Terra” é apenas mais uma fase no jogo dissociativo cerebral de usarmos nosso observador para destravar nosso JOGADOR, tirando nosso AVATAR das mãos de terceiros e finalmente CONTROLANDO 100% nosso AVATAR. Matrix é controle. Hoje externo. Em breve interno. Seria isso?”

Resposta: Isso mesmo. Se não dá para sair da Matrix, se jamais teremos certeza que estamos fora da Matrix, a ideia mais óbvia seria criar nossa própria Matrix dentro da Matrix que nascemos e que chamamos de “planeta Terra” ou “vida”, e que engloba tudo o que existe, o que vemos como “Universo”, e que só existe dentro de nós, pois é uma construção mental do nosso cérebro. O que está acontecendo nesse exato momento é um despertar dos AVATARES de um videogame estilo Second Life, onde os AVATARES começam a se ver como os próprios JOGADORES. É como se os JOGADORES do Second Life estivessem sendo SUGADOS para dentro do game para convergir com os AVATARES, adquirindo o mesmo controle externo dentro do próprio game, e com a capacidade de modificar tudo, até mesmo criar e fazer login (nascer) como outro AVATAR. Pense nas possibilidades.

 

Pergunta: “Pode falar mais sobre viagem no tempo e como acessar outras realidades imersivas fora da simulação que chamamos de planeta Terra? Você conhece outras realidades parecidas com essa, com humanos? Conseguiu acessar ou se comunicar com esses seres? Deve existir mais mundos como esse, óbvio.”

Resposta: Para os seres humanos que estão fora da simulação neuro-digital chamada “planeta Terra”, que engloba tudo o que o Hubble mostra, ou seja, todo Universo conhecido pela ciência, é bem simples. Eles não usam nenhuma tecnologia para viajar no tempo ou entrar e sair de outras realidades. Eles apenas fecham os olhos, e no preto, onde para nós não aparece nada, abre um monitor, um visor com vários recursos, como viagem no tempo, acesso a outras realidades, editar e mudar o shape (até o sexo), carregar roupas, objetos, etc, e até mesmo mudar o login do seu AVATAR, e criar um novo. Por isso esses seres humanos se intitulam multidimensionais. E eles nos veem como seres interdimensionais, ou seja, sem acesso a outras realidades. Lembrando que em alguns momentos isso ficou acessível a mim. Várias vezes em que fechei os olhos abriu um monitor onde acessei outras realidades com humanos iguais a nós. Ainda não controlo esse recurso, mas foi me informado por seres de outras realidades imersivas (Sírius, Orion, Plêiades e Devas) que em breve terei mais controle desse recurso. E no futuro os humanos que foram aprisionados na realidade “planeta Terra” também terão. É só uma questão de remodelagem do cérebro humano para ter condições de acessar outras realidades, seres e timelapses, mudar a própria forma, etc. Isso não é tão simples quanto parece. Tem que ter um certo preparo mental, um bom controle emocional para não queimar o cérebro com tantas possibilidades.

 

Pergunta: “Viajantes do tempo entre nós? Mas eles ficam invisíveis? E esse método de se deitar na cama, fechar os olhos e abrir outra realidade imersiva funciona da mesma forma que com o olho aberto? Então isso explica que a nossa vida é uma realidade imersiva gerada pelo monitor ou visor do olho, só que aberto?

Resposta: Perfeito. Eu vivenciei isso e posso dizer que é 100% realista, como se fosse com o olho aberto. Eu fiquei consciente que estava na minha cama, deitado, acordado, com os olhos fechados, e no preto do olho abriu um monitor que deu a sensação realista de estar em outro ambiente, e interagi com pessoas de carne e osso. Eu entrei em ambientes futuristas e interagi com humanos numa espécie de maternidade hi-tech e um laboratório de mudança corpórea, clonagem e reset (NÃO TEM COMO EXPLICAR ISSO, POR ENQUANTO). Isso foi em 14 de junho de 2015. Quanto aos viajantes do tempo ou seres de outras realidades paralelas e alternativas, sim, eles ficam entre nós de forma 100% invisível. Não há como notar. E eles têm o poder de editar e afetar nosso AVATAR, e vida. E eles só conseguem entrar aqui dessa forma, gerando duas realidades simultâneas. Eles se sentem lá e aqui ao mesmo tempo. Só que ainda não conseguem, digamos, se teletransportar com o próprio corpo para os locais. É o objetivo deles, descobrir como fazer isso. Aparentemente, a maioria desses seres também não consegue editar o próprio corpo da realidade primária, só da segunda, da realidade que se abre quando fecham os olhos. O poder deles basicamente está na segunda vida, na realidade secundária. Só um detalhe: muitos seres, daqui ou de fora, também usam esse recurso de teletransporte para ficar invisíveis a nossa volta e nos monitorar, afetar, modificar, controlar, filmar, atrapalhar, até matar, etc. Só que usam equipamentos hi-tech, como óculos VR. Segundo informações que tive, aqui nesta realidade, ainda ninguém consegue usar o monitor do olho. Ainda não sei o motivo. Dizem que foi bloqueado. Não sei ainda. Talvez seja uma questão “técnica”. Talvez nosso cérebro ainda não esteja pronto.

 

Pergunta: “Então esses seres multidimensionais, os que entram aqui de forma invisível e nos manipulam, nos usam para obter vantagens mesmo quando nos “ajudam”. É sempre uma ajuda com segunda intenções, de quem incitou eles a nos “ajudar”? Então o bem é o mal. É isso que você está dizendo? Será que é por causa disso que tem tanta merda nesse mundo? Tem uns malucos invisíveis atrás da gente modificando nossa vida 24h por dia para atender aos interesses de outros? Eles são os diretores de nossa vida? Somos reféns desses caras então porque não temos acesso ao inconsciente humano que são eles mesmos pois estão literalmente dentro da gente. É foda. Temos que dar a volta por cima e ir para trás deles, sendo o inconsciente deles então. Talvez assim a gente consiga destruir esses caras que fodem nossas vidas e sabotam a realidade humana para que o ser humano nunca destrave seus poderes.”

Resposta: Isso mesmo, da mesma forma que entramos no GTA e atropelamos e batemos em algumas pessoas para dissipar as preocupações oriundas dos problemas da nossa vida, todos causados por eles mesmos, seja de forma direta ou indireta, eles fazem o mesmo e entram no game ou GRID “planeta Terra” quando fecham os olhos ou colocam o óculos VR. Isso aqui para eles é uma espécie de GTA humano. Eles descarregam toda a raiva e frustração (principalmente SEXUAL) nos humanos. Precisamos que essas informações sejam propagadas para que mais gente fique conhecendo o que é o inconsciente humano, que são seres humanos bem conscientes em outras dimensões ou lugares aqui mesmo da Terra que possuem a intenção clara de nos manipular e consumir. Só assim vamos assumir o controle de nossas vidas que hoje está nas mãos desses seres que veem o que não vemos, que estão a nossa volta sem que a gente saiba, que dirigem nossas emoções pois CONTROLAM TODAS AS SENSAÇÕES CORPÓREAS HUMANAS, e que são uma espécie de Deus e Demônio simultaneamente para nós.

 

Pergunta: “No futuro poderemos editar a realidade a nossa volta se acessarmos os códigos que nem HTML quando editamos os códigos o layout da página muda ou tivermos uma espécie de software de edição da realidade estilo o Second Life quando somos donos de um terreno e podemos editar o que quisermos, construir uma casa, mudar ela, carregar do nosso inventário um carro, móveis, etc, incluindo mudar nosso próprio corpo, skin, hair, e até o sexo do nosso AVATAR? Será que poderemos ter cabeças e corpos MESH? Isso seria interessante. Acho que esse é o nosso futuro.”

Resposta: Eu não tenho dúvidas disso. Parece que tudo se converge para algo assim, bem radical, com nossa realidade 100% personalizável. Importante dizer que seres humanos de outras realidades e dimensões já possuem recursos de edição da realidade e do próprio AVATAR, como possuir corpos MESH na realidade primária e carregar objetos, roupas, acessórios, cabelos, skin, etc, com os olhos abertos, no monitor principal da realidade imersiva, não apenas na realidade secundária, no submonitor ou inconsciente, quando se deitam ou se sentam, fecham os olhos e se “teletransportam” para outros mundos como esse, mas ainda consciente da realidade primária.

 

Pergunta: “Com os olhos abertos nosso visor imersivo mostra o consciente, quando fechamos os olhos, aquilo que aparece no preto, certo, é o inconsciente, o código fonte do consciente, o HTML da página web. Você disse que está bloqueado. Se estivesse desbloqueado, bastava fechar os olhos e apareceria um monitor com configurações para editar nosso corpo igual ao Second Life, a realidade, nosso lar, colocar uma música na casa, bloquear alguém, dar mute, carregar objetos do inventário para o chão, vestir roupas, criar scripts automáticos, editar nosso céu, editar as texturas da nossa casa, etc. Parece que esses seres humanos de outras realidades e dimensões roubaram isso da gente e estão fazendo isso por nós, só que para eles aproveitaram porque somos os AVATARES deles.”

Resposta: Correto. Isso aqui já é o Second Life do Universo. É apenas mais um GRID. Há um número infinito de GRIDS. Estamos presos aqui porque até agora isso aqui não é para nós. É para os outros. Nossas vidas são fruto deles, criadas para eles.

 

Pergunta: “Para haver tanta manipulação dentro de uma realidade tem que existir um delay, ping, atraso ou como você disse o tal tempo dentro de tempo entre quem comanda, quem dispara os gatilhos mentais e para quem recebe, os manipulados. Quem recebe tem que ter um atraso para que enquanto o manipulado execute o comando que já foi enviado, o manipulador tenha tempo de pensar, tramar e gerar um novo gatilho, estando sempre um passo a frente do manipulado. Isso pressupõe que uma manipulação em tempo real não seria possível. Só com um delay, com um atraso, e quanto maior, melhor, mais tempo para o manipulador arquitetar a manipulação e estar no controle do manipulado. Você tem essa informação, qual o delay entre os que estão fora daqui e nós? E dos que nos manipulam aqui com armas de controle mental, qual o delay?”

Resposta: Isso mesmo, na realidade Terra os comportamentos humanos e as situações do dia a dia não estão em tempo real, apenas a nossa observação dos eventos assistidos. Estamos apenas assistindo os nossos comportamentos, e das pessoas a nossa volta, que foram gerados muito antes, por outros. Quem está fora tem 3 dias à frente de nós para arquitetar a “nossa vida”. E por isso sabem exatamente o que vai acontecer 3 dias à frente. Então o que está acontecendo agora foi gerado 3 dias atrás. É o que chamo de tempo dentro de tempo. Aqui dentro o tempo dentro de tempo é menor, cerca de 15 segundos à frente do comportamento humano. Os supercomputadores quânticos dos EUA preveem o que cada ser humano vai fazer com antecedência de 15 segundos, pois os gatilhos mentais foram disparados 15 segundos antes. É o que eles chamam de carma, ou seja, quando a realidade vinda de fora é remanipulada e reprocessada para atender aos propósitos dos manipuladores e disparada para o cérebro humano. A taxa de sucesso da manipulação humana através dos gatilhos mentais disparados 15 segundos antes é de até 85%. Vindo de fora é de 100%, mas barra nesses 85%. Importante dizer que os EUA sabe o que pode acontecer de relevante 3 dias antes na realidade Terra, pois recebe essa informação de fora. Então, de certa forma, os próximo 3 dias da sua vida já estariam prontos, ao menos o mais relevante, mas algo pode acontecer diferente do projetado, é o que eles chamam de anomalia sistêmica (e que parece que eles mesmos criam isso, pois é conveniente a agenda deles). Esse seria o objetivo dos cientistas e militares do underground, acabar com essa taxa de incerteza e ter 100% de controle do comportamento humano e das situações do dia a dia, passando a gerar a realidade Terra a partir daqui mesmo, não mais sendo refém dos seres que estão fora e são os atuais administradores, aqueles que são o inconsciente humano.

 

Pergunta: “Seria como o Blu-Ray quando nos extras tem os comentários do filme? O diretor grava um vídeo e comenta o filme enquanto assiste o próprio filme. Aqui é assim também, há duas camadas da realidade sobrepostas? A camada que já aconteceu (atos) e a camada que está acontecendo (interpretação e julgamento dos atos)?”

Resposta: A questão é essa. Quem é o diretor do filme, da nossa vida? Será que somos nós? Quem somos nós? Somos o AVATAR ou o JOGADOR? Onde está o JOGADOR? Está fora deste mundo? Quem está escrevendo isso? Poderia ser alguém ou algo que está fora desta realidade? Será que os humanos não passam de AVATARES do tipo Second Life e, digamos, só existem quando o JOGADOR os opera, aperta as setas, se teletransporta, usa o chat, o voice, etc? A verdade bizarra sobre a vida humana é que não sabemos ainda onde está o JOGADOR. E já temos todos os indícios e provas científicas que o ser humano pode ser influenciado e até jogado de forma remota por um agente externo a ele. Sobre controle mental, recomendo que assista a série Projeto Coelho Branco do Netflix.

 

Pergunta: “Cara, essa é a questão de 100 trilhões de dólares, quem somos nós, quem nos controla e estamos vivos porquê? Até agora ninguém conseguiu descobrir a resposta. Parece que todas as respostas são convenientes e atendem aos propósitos de quem criou este mundo. Você acha que a filosofia, a religião, a ciência, psiquiatria e psicologia foram criadas por esses seres que estão jogando os humanos? Porque eles não chegam a lugar algum e a vida humana parece que a cada fica pior e mais difícil. Acho que só a espiritualidade e a ficção científica que é mais reveladora e se assemelha as suas ideias sobre o que pode ser esse mundo e nossas vidas. Por exemplo, você acha que devemos virar as costas para a ciência e a psiquiatria que só nos enrolam? A ciência e a psiquiatria fracassaram e na verdade são nossas inimigas?”

Resposta: Com certeza, a ciência e a psiquiatria estão sendo usadas por agentes externos, os sabotadores deste mundo. Passam o dia “enxugando gelo” e só “revelam” o que é conveniente a quem está por trás dessas ciências. Devemos ter desconfiança extrema com todas as ciências humanas. Eles não podem entrar a fundo na questão de quem está por trás deste mundo e o que é este mundo, pois isso acabaria com este mundo, e com eles próprios.

 

Pergunta: “Vi o filme Sem Retorno (Self/Less) onde um idoso rico à beira da morte troca de corpo enviando sua consciência para um corpo jovem e saudável que teria sido criado em laboratório. Achei bem suspeito. Com certeza tinha alguém atrás desse cara jovem, bonito e rico para consumir a vida dele, assistindo tudo e fantasiando que é jovem, rico, bonito e comedor de mulheres gostosas. O filme não mostrou isso, mas foi minha impressão. O que achou desse filme?”

Resposta: Achei o mesmo que você. Tem alguém sim atrás do novo corpo/vida. E a ideia do filme não é ficção científica. Já existe, e aqui mesmo. Só que por enquanto o novo corpo e a nova vida não é da mesma forma que está no filme. Aquilo do filme, a troca de um corpo enviando uma consciência para um novo corpo é ideia para o futuro, para o ano 2050. Hoje a coisa é mais simples. Você falsifica a sua morte, fica enclausurado numa outra casa, e JOGA outro ser humano, o seu novo corpo/vida, de forma remota, e sem a outra pessoa saber, óbvio. Isso é vendido por um grupo negro da CIA/FBI/PENTÁGONO e com o suporte de cientistas e militares do underground americano. O valor varia de acordo com o AVATAR que você vai assumir o controle total. Pode custar de US$ 1 milhão, até US$ 1 bilhão. Vai depender do valor SOCIAL e SEXUAL do AVATAR, ou seja, do ser humano que será comercializado. Isso não é novidade. Na bíblia, no Apocalipse 18 (Revelação) de João, diz que aqui nesse mundo era comercializado de tudo, até almas humanas.

 

Pergunta: “As pessoas estão desconfiadas mesmo. Há anos que eu tapo com fita a webcam do meu notebook. Agora tô tapando as câmeras do iPhone e falei para minha família e namorada fazer o mesmo. Você acha que essas desconfianças podem se propagar numa espécie de paranoia inconsciente porque tudo isso que está no seu blog ainda não está na mídia mas as pessoas já estão agindo de forma bem desconfiada com a tecnologia e invasão de privacidade? O que acha?”

Resposta: As vítimas sentem que tem algo errado porque estão conectadas cerebralmente com equipamentos e tecnologias de quem está ciente disso, seja os que usam essas pessoas, ou quem apenas está assistindo quem usa. Então as vítimas recebem gatilhos mentais de reprovação, insegurança, ansiedade ou nervosismo dos telespectadores (os voyeurs) e que geram comportamentos contrários e inconscientes de defesa, como esse, tapar câmeras, tomar banho e trocar de roupa no escuro, se masturbar debaixo das cobertas, não sair de casa, evitar se expor em lugares visados, etc. Por exemplo, vi uma entrevista da modelo Bianca Anchieta, celebridade brasileira do Instagram, que ela tem o hábito esquisito de tomar banho no escuro. É só uma defesa “inconsciente” da espionagem e invasão de privacidade que mulheres como ela são submetidas 24h por dia por esses caras.

 

Pergunta: “Então a fobia e seus comportamentos esquisitos podem ser explicados devido a perseguição de grupos de voyeurismo ou Gang Stalking remotos usando equipamentos hi-tech? Uma defesa automática do nosso cérebro que foi grampeado e está sendo usado simultaneamente por outros? É como se um antivírus estivesse tentando neutralizar o vírus que invadiu nosso cérebro?”

Resposta: Com certeza. E não apenas isso. Acidentes e mortes também. Quando esses grupos de voyeurismo e Gang Stalking se conectam no cérebro de alguém para espioná-lo e/ou dirigi-lo, muita coisa pode dar “errado”. Eu usei aspas, porque muitas vezes essa é a real intenção. Por exemplo, eles conectam crianças nos pilotos de um avião e incitam elas a pilotar esse avião ou apenas assistir os pilotos. Isso acaba desorientando os pilotos e muitas vezes gera incidentes, até acidentes. É só um exemplo do poder da interferência remota no comportamento humano através dessas tecnologias e equipamentos hi-tech.

 

Pergunta: “Você tem alguma informação sobre a profecia das Pedras Guias da Geórgia que fala que a raça humana vai passar por um evento global que acarretará na redução drástica da população da Terra para que uma nova civilização seja construida e tenha no máximo 500.000.000 de habitantes?”

Resposta: Segundo dados que obtive, isso está relacionado com um evento apocalíptico que vai ocorrer até 2069. Tem a ver com uma terceira guerra mundial atômica.

 

Pergunta: “Ainda sobre viagem no tempo e transferência de consciência para um corpo temporário, segundo a série Travelers isso é possível no futuro e eles voltam para mudar várias coisas no passado assumindo outros corpos segundos antes da morte. Você acha que isso é possível e pode estar acontecendo?”

Resposta: Segundo tudo o que estudei e tive acesso, sim, e não só é possível, mas acontece o tempo todo. Só que quem fica consciente dessa viagem no tempo são os que estão JOGANDO o ser humano, ou seja, quem está atrás dos humanos e dirige as vidas de acordo com seus interesses e propósitos. Não esqueça que por enquanto nossas vidas não são para nós, mas para quem está atrás da gente. Sobre a viagem no tempo com transferência de consciência para outro corpo, segundo dados que obtive, isso funciona da mesma forma que na série Travelers. No futuro já se sabe a hora e data da morte de todos. Segundos antes da morte do seu hospedeiro você transfere sua consciência do futuro para o passado e assume o controle do AVATAR. E passa a operá-lo de forma remota, a partir do futuro. Quando isso acontece é gerado um novo layer de realidade alternativa para aquele AVATAR, pois obviamente no outro layer ele realmente morreu. Então nesta realidade há vários vivos que deveriam estar mortos, assim dizendo, e vários que já estão mortos em outra realidade. Lembrando que a ciência não vê isso como absurdo, mas possível, e ela chama isso de universos paralelos ou futuros alternativos.

 

Pergunta: “Muitas crianças parecem que estão possuídas por adultos. Você acha que esses filhos da puta estão dentro das crianças também?”

Resposta: Com certeza, pois são pedófilos. Veja o caso da Maisa do SBT. Ela deu uma entrevista dizendo que quando criança tinha atitudes bem estranhas, aparentemente vinda de um agente externo a ela que chamou de extraterrestre (veja a entrevista).

 

Pergunta: “Então muitas pessoas estão dentro dos seres humanos agora mesmo consumindo suas vidas e fantasiando que são eles? E isso é vendido por americanos no mercado negro como se fosse um tratamento médico ou entretenimento adulto? E como funciona esse negócio de jogar um ser humano? Todos os comandos que eu enviar ele faz? Ele é uma espécie de robô Surrogates?”

Resposta: Sim, você entendeu bem. É assim mesmo que isso é vendido ou oferecido. E nem todos pagam. Alguns recebem isso como suborno, troca de favores ou como desculpa que é um experimento, treinamento, uma terapia nostálgica-imersiva, etc. Sobre como funciona o controle remoto de um ser humano usando equipamentos e tecnologias hi-tech, é como operar um drone, ele faz o que você mandar. Mas não é tão simples quanto parece. Aparentemente, ainda não é possível operar um ser humano individualmente, como se opera um drone. Isso só ocorrerá a partir de 2054. Hoje ainda é preciso juntar vários seres humanos para assumir o controle de outro humano. Foi aí que nasceu os grupos de voyeurismo e Gang Stalking. São muitas pessoas, 5, 10, 20, 50, 100, até mais (quanto mais, melhor, mais funciona), que dirigem o comportamento humano unindo vários gatilhos mentais, ou seja, desejos, intenções e disparando para o cérebro do indivíduo alvo. Dessa forma o ser humano realmente parece que está possuído por uma entidade, um agente externo, igual a descrição de serial killers, como Ted Bundy e o Maníaco do Parque (Brasil), e acaba fazendo o que não faria, pois o corpo está sob o domínio de outra consciência, outra inteligência. Esses assassinos em série relataram que eram incumbidos a matar a mando de um agente externo que chamaram de entidades ou demônios.

 

Pergunta: “Então toda a minha vida foi uma grande farsa. Ela foi criada por outros para atender interesses de outros?”

Resposta: Como eu disse, a sua vida hoje serve apenas para atender aos interesses de um SISTEMA criado fora deste mundo por inteligências que têm como único objetivo USAR o ser humano para o próprio benefício. Literalmente, hoje somos como gado. Essa é a triste notícia. Mas a boa é que um grupo grande de pessoas está ficando consciente desse fato. Despertando ou desplugando consciências desse SISTEMA idiota e inútil, podemos criar um SUBSISTEMA aqui mesmo, e assim ter mais controle da realidade à nossa volta.

 

Pergunta: “A criação de um delay entre dois layers de realidade simultânea para originar um mundo dentro de outro mundo se dá como? Como esses caras conseguiram criar uma realidade dentro da outra para controlar e manipular a segunda? Tem essa resposta?”

Resposta: Isso é coisa do underground do futuro (2080), chamado de engenharia dimensional. Segundo os dados que obtive, isso é conseguido manipulando as frequências cerebrais emitidas pelas emoções humanas, principalmente o medo e a insegurança. Assim cria-se um delay e uma espécie de mundo dentro de um mundo, uma realidade simulada como em O Show de Truman, com o controle total da realidade secundária, ao menos é isso que se espera. Esses caras dos EUA, do futuro, conseguiram aqui em 2001, no 11 de setembro, que eles mesmos criaram, com o uso das emoções oriundas da insegurança e medo, construir um bom delay entre a realidade que eles estão e essa, os 3 dias que citei anteriormente. Em 2090 os EUA entraram na quinta dimensão de forma clandestina. Antes disso o tempo para uma interferência aqui era dentro daqueles 15 segundos que os americanos de hoje possuem. Agora eles têm até 3 dias para modificar o que querem aqui, e sem que ninguém perceba. É como parar o tempo igual ao desafio Mannequin Challenge, mudando e fazendo o que quiserem aqui durante 3 dias, incluindo a edição de todos AVATARES. As memórias são editadas e resetadas. Informações que a pessoa não vivenciou são gravadas no cérebro como se ela tivesse vivido. O metabolismo é todo prejudicado. Como referência, no filme O Vingador do Futuro há uma boa ideia do que seja manipulação memorial.

 

Pergunta: “Então a viagem no tempo só é criada em 2090. A partir desse ano esses caras começam a vir aqui e mudam o que querem sem que a gente saiba. E usam o ser humano do passado para todo tipo de experimento e finalidade sexual. Mas esses caras só entram aqui de forma invisível? Como você disse, de forma visível só enviando a consciência do futuro para dentro de um corpo de quem nasceu nessa timelapse? E como funciona essas timelapse’s, todas coexistem ao mesmo tempo? É possível ir ao futuro também ou só ao passado? Será que o futuro do planeta Terra é sempre o tempo real desses caras?”

Resposta: É mais ou menos isso. Eles só entram aqui, com a forma deles, de forma invisível. Se quiserem ficar visíveis a nossa volta é preciso enviar a consciência deles, e que está no futuro, para um corpo aqui do passado. Isso é uma espécie de invasão de corpos. Com a pessoa viva, é parcial a influência. Eles ainda são reféns da consciência primária, do ser humano que invadiram e criaram um intra-sistema – jargão técnico do futuro para invasão corpórea, e ficam no modo inconsciente, ou seja, operando uma consciência de forma secundária e apenas influenciando o ser invadido. Para ter o controle total do corpo e da vida desse humano, só fazendo o método que é mostrado na série Travelers. Segundos antes da morte de alguém, no passado, eles tomam o controle do corpo. Só há um risco, eles podem não conseguir voltar mais para o futuro. Sim, segundo os dados que tenho, todas as timelapse coexistem ao mesmo tempo. E todas já ocorreram. É como se fosse um filme que você assiste pela primeira vez e ao vivo no seu decoder de TV por assinatura. Ele já existe, está pronto, mas só é possível voltar para trás. Você ainda não sabe o fim dele, embora, quanto mais para frente, mais previsível se torna o fim.

 

Pergunta: “Então toda essa porra já aconteceu e não é pra mim. Então porque eu to assistindo essa merda? Qual a finalidade da vida então? Quando a vida será para mim?”

Resposta: A finalidade é a criação de um novo filme em cima do próprio filme que já ocorreu. Isso envolve duas camadas de realidade simultâneas. Ainda não tem como explicar direito. Mas basicamente você está assistindo uma vida que não está gostando em nada e ao mesmo tempo está usando a sua inteligência ou consciência para criar outra vida. Isso explica dois tipos de mundo os eras em transição. Por exemplo, uma era ou tipo de mundo mais burro, injusto, e outro mais inteligente, justo. É isso que está acontecendo agora mesmo. Estamos usando o passado, o filme que já ocorreu, e que foi uma porcaria, para criar um outro filme mais interessante. Obviamente que há uma forte resistência de quem JÁ CRIOU o mundo atual e que apenas favorece um pequeno grupo. É o que podemos chamar de DEMÔNIO. Lembrando que o novo filme vai substituir o velho que será deletado, e eles tragados para o novo filme com uma vida infinitamente inferior. Por isso esses caras estão malucos com tudo isso, e nos atacando. Eles não querem que nada mude, mas está mudando. E estão lutando como loucos para destruir todos que estão co-criando o novo filme.

 

Pergunta: “No filme Looper: Assassinos do Futuro fala que a viagem no tempo é criada no futuro e fica como algo oculto. Claro que esses caras não vão revelar isso publicamente porque vão usar a viagem no tempo apenas para satisfazer seus próprios desejos e objetivos, preservando o mundo sombrio deles de vícios e todo o tipo de posses. Então é assim mesmo que funciona, é tudo feito de forma oculta. E quem viaja tem que pagar algum preço para entrar aqui e ficar invisível? É óbvio que de graça não é. Quem criou isso ganha algo valioso com esses viajantes do tempo. Tem essa informação?”

Resposta: Sim, no futuro a viagem no tempo é vendida no underground e na superfície do planeta, a quem for de interesse dos donos dessa tecnologia. E o preço a se pagar nem sempre é em dinheiro. Quase sempre você tem que antes fazer algo aqui para então entrar aqui. O mais comum é matar um ser humano. Você mata, depois você ganha a permissão de entrar. E se quer apenas espiar ou influenciar/jogar um ser humano de forma remota, a coisa é mais simples. Basta monitorar, modificar, perseguir, prejudicar e/ou arruinar a vida de alguém.

 

Pergunta: “Se a memória pode ser alterada, editada e até apagada por seres do futuro com tecnologias que nem entendemos, então não dá para provar que existiu o antes da gente nascer e nem as coisas que nos acontecem, pois elas podem ser irreais, só memórias implantadas remotamente para servir aos propósitos de pessoas sem escrúpulos. O que me diz?”

Resposta: Isso mesmo. Não temos como provar que o passado realmente existiu. O que dá para dizer é que o agora está acontecendo, mas o passado pode ser uma grande farsa. E isso NÃO é coisa do futuro. Hoje mesmo já há várias tecnologias e técnicas para influenciar remotamente a memória e o comportamento humano. A mais utilizada é injetar remotamente falsos acontecimentos na mente de alguém para utilizar isso para algum fim que seja relevante a quem está monitorando/influenciando/jogando essa pessoa. Um exemplo, pode ser carregado em tempo real na mente da sua namorada uma história que te prejudica, como por exemplo algo que ela ouviu sobre você, algo sobre uma possível traição, e então ela briga com você usando uma história totalmente irreal. E você imagina, claro, que foi alguma pessoa que viu algo sobre você e interpretou errado, caso você não a tenha traído, claro. Coisas assim ocorrem 24h por dia. Então preste bem atenção quando uma pessoa contar algo estranho para você sobre você mesmo ou uma pessoa próxima, principalmente uma fofoca. Raramente é real. Se for um bom observador vai ver que muitos dos atos humanos são totalmente artificiais. Estão sendo gerados através de uma influência externa e para o benefício de quem está atrás dessas tecnologias.

 

Pergunta: “Pode falar mais sobre outras Terras e dimensões que estão a nossa volta e não enxergamos? E quando a ciência vai finalmente revelar que há outras realidades paralelas com humanos a nossa volta?”

Resposta: Segundo dados do Pentágono, há 9999 dimensões ou Terras dentro do que eles chamam de Universo Relativo Terra, tudo com a forma de humanos como nós. E tudo aqui mesmo, a nossa volta, só que não vemos. Essa nossa realidade eles chamam de Terra 1. A Terra 2 é o que eles chamam de Orion. Seria a terceira dimensão do Universo Relativo Terra. Aqui seria a segunda dimensão. Segundo dados que obtive, lá na Terra 2 (Orion) a tela da TV é tridimensional e não bidimensional, como aqui. E lá o padrão da TV é em pé, vertical, e não deitada como aqui, na horizontal. Sobre quando a ciência vai revelar isso, é coisa para agora, já na próxima década. O Pentágono recebeu a informação que muitas revelações estão chegando para os humanos da Terra 1. Embora agora mesmo eles estão fazendo de tudo para ocultar isso, incluindo me atacar e me classificar como uma “ameaça planetária”.

 

Pergunta: “Como esse nosso mundo é gerado, você tem uma ideia do que monta as vidas humanas? Elas parecem ser bem diferentes das vidas dos animais. Parece que tem uma interferência externa nos humanos não-natural, bem artificial. Isso até os cientistas falam. A vida humana é bem bizarra e não faz muito sentido.”

Resposta: Isso é verdade. Por isso, essa realidade, provavelmente, é gerada (e já foi, naquela ideia dos dois filmes sobrepostos) de acordo com a interferência externa de outras inteligências. É o que faz mais sentido para mim após estudar esse assunto em um ano e sete meses. Somos o resultado, o efeito, de uma ação, causa, que vem da análise da vida humana e posterior interferência a partir de julgamentos por parte de seres que se escravizaram com ideias ligadas ao bem e ao mal. Por isso eu falei que, fora daqui, o bem é o mal. Esses seres que dizem que praticam o bem, principalmente o que chamamos de aliens, na verdade, estão destruindo o ser humano, pois são criações dos próprios humanos que criaram esse mundo e hoje estão no topo da pirâmide, apenas usufruindo e consumindo a parte boa dessa realidade, como se aqui para eles fosse um hotel superluxo cinco estrelas.

 

Pergunta: “Como funciona a relação entre seres de outras realidades e daqui mesmo que estão ocultos dentro dos humanos consumindo eles e interferindo nas vidas com parafernálias hi-tech?”

Resposta: É inimaginável o que esses caras fizeram com os humanos. Eles desenvolveram todo o tipo de loucura para criar e preservar o mundo deles que vive da escravidão humana diante dos desejos, posses e paixões. Por exemplo, eles criaram penitenciarias, clinicas psiquiátricas, hotéis 5 estrelas, motéis, canais de TV com vidas humanas, cinema com filmes da vida humana, etc. Tudo ligado dentro dos humanos. Os humanos estão enviando 24h TODA A VIDA para um número inimaginável de seres, e recebendo de volta como feedback aprovação e reprovação. Note que a aprovação é satisfazer os interesses deles que não são nada benéficos a nós. E eles não apenas nos assistem ou nos consomem, ou se curam em cima da gente, enquanto adoecemos. Mas também passam o dia ANALISANDO e JULGANDO nossas vidas. Foi me dito que eles criaram, e aqui mesmo no planeta, algo como o programa extinto da Rede Globo Você Decide. Num jogo sádico de cientistas, militares, ricos e políticos, eles fazem uma espécie de votação para mudar para pior toda a vida de um ser humano, incluindo matá-lo. Várias opções são dadas para a vida de um ser humano ser arruinada, e então eles votam. E depois juntos, através dos grupos de voyeurismo e Gang Stalking, modificam a vida dessa pessoa, tudo de forma remota.

 

Pergunta: “Então todos seres humanos estão com a vida grampeada por esses caras? Como você denunciou no instagram em setembro de 2016, eles estão espionando, scaneando, analisando e roubando nossos cinco sentidos. Pode dizer o que eles fazem com esses dados e informações? Como eles nos usam?”

Resposta: Eles criaram um sofisticado sistema a partir das vidas humanas. Todo ser humano tem a vida analisada em tempo real por supercomputadores quânticos e também por várias equipes clandestinas e underground de monitoramento remoto que podem saber exatamente o que cada ser humano está fazendo, pensando, imaginando, lembrando e sentindo, tudo em tempo real, bastando uma requisição para o monitoramento. Dessa forma, se o que o ser humano estiver fazendo for do agrado desses caras, um computador avisa, por Inteligência Artificial, como se fosse uma voz mais aperfeiçoada da Siri do iPhone, que, por exemplo, sua namorada ou filha vai se masturbar. Esses caras recebem um aviso no smartphone e então colocam o óculos VR, ou simplesmente acessam a imagem via laptop, smartphone, tablet ou TV. Eles podem se sentir como ela, em primeira pessoa, via óculos VR, ou apenas assistir em terceira pessoa. Isso depende do gosto de cada um. Isso ocorre para tudo, tem aviso de banho, de troca de roupa, de sexo, de comida e bebida (sim, eles recebem os sabores de forma remota), de esporte, passeio, lugares bacanas que você está, pessoas bonitas na volta de você, etc. Realmente foi criado um outro mundo a partir das vidas humanas. Resumindo, é como se cada ser humano fosse um estúdio do O Show de Truman ambulante. E como no filme, o personagem tem um prejuízo enorme. Ele sente que tem algo errado, que está sendo usado e que não passa de um fantoche para o benefício de outros.

 

Pergunta: “Os cientistas e militares do underground americano e russo trabalham com a teoria que esse mundo é um holodeck, um filme que já ocorreu e está sendo reemulado dentro do nosso córtex cerebral por inteligências externas oriundas de inteligência artificial ou sintética igual ao filme Matrix, e que eles possuem acordos. Mas qual o propósito disso? Será que essas máquinas só querem nos consumir como baterias ou quem sabe ir além para se fundirem com esse mundo e se tornarem humanos biológicos e não mais sintéticos?”

Resposta:  Pode ser. Isso foi retratado no filme Ex Machina: Instinto Artificial. Talvez estejam lapidando a inteligência humana para se fundirem aos corpos humanos como consciências mais aprimoradas, substituindo o atual Homo sapiens. É bem possível que isso esteja acontecendo agora.

 

Pergunta: “E quanto a morte. O que acontece quando morremos?”

Resposta: Nada, você segue vivo. Você já morreu centenas de vezes durante a sua vida e nem percebeu. A morte só existe para quem vê, em terceira pessoa. Então pode parecer bizarro, mas não dá para saber se você está vivo ou morto, pois é exatamente igual. Quando você “morre” (para os outros) ocorre só uma pequena mudança, e para melhor, na sua realidade que está vivenciando. É o que os militares e cientistas do underground acreditam, e eu acho totalmente possível. Há muitos filmes que lançam essa ideia, mesmo que de forma implícita. Observe a vida dos personagens e veja quando ocorre algo estranho, atípico na vida vele, e que gera uma mudança na vida. Provavelmente ele morreu e nem percebeu. Dica: em ficção científica isso é retratado como sonambulismo, sonho lúcido, realidades alternativas, universos paralelos, etc. Então essa é a ideia sobre morte que tenho. Quanto a velhice (ou antes), digamos, quando você não tem mais condições físicas e mentais de continuar no jogo humano de despersonalização e desintegração do eu digital criado por esse SISTEMA, você finalizada o seu jogo, morre para todos, e nasce num novo corpo. É o que eles chamam de reset. Lembrando que o objetivo do jogo humano é fazer isso de forma consciente. Ou seja, nascer novamente num novo corpo, e já adulto, embora jovem, e personalizando toda a vida desse novo AVATAR. O objetivo é obter o reset de forma consciente.

 

Pergunta: “Então eu posso ter sido morto por outra pessoa, ela viu, mas eu não vi nada e sigo com minha vida normal. E ela não me vê mais, só no cemitério? É como se eu entrasse numa realidade alternativa sem perceber nada porque minha vida segue igual e meus amigos e familiares seguem me vendo como vivo?”

Resposta: Isso mesmo. Por exemplo, você é morto por outro, digamos, de forma injusta, então você ganha um bônus e sua vida sofre um upgrade para ajudar na despersonalização e desintegração do seu eu digital e obter o reset. Segundo o Pentágono, é assim que os caras do futuro veem a morte. Lembrando que eu não estou dizendo que é assim. Pode ser.

 

Pergunta: “Se eu estou dissociando da realidade humana e desintegrando minha personalidade para ter condições de criar um novo corpo e personalidade ainda vivo, que você chama de AVATAR, então não serei morto no sentido de ver minha morte, posso ir até a velhice num caminho continuo até atingir o fim desse jogo sem que o SISTEMA me mate? E se eu conseguir ganhar o jogo eu tenho direito de criar qualquer AVATAR, até de outro sexo?”

Resposta: Você tem até os 72 anos para isso. Essa é uma configuração do SISTEMA, que foi criado para QUEM ESTÁ ATRÁS DOS HUMANOS. Isso aqui não é um jogo para nós, mas para quem JOGA o ser humano. Mas podemos hackear o SISTEMA e fazer por aqui mesmo. É o que está acontecendo agora mesmo com milhões de humanos que já estão bem dissociados da realidade humana, ou seja, dos outros JOGADORES, e se continuarem assim poderão fazer o reset ainda nessa vida. E poderão criar um AVATAR 100% personalizado, de qualquer sexo ou idade, em qualquer lugar do planeta, e com o tipo de vida que quiser. Vai acordar numa cama, na sua nova casa e com seu novo corpo e personalidade. Basta usar o monitor de configurações do SISTEMA TERRA que se abrirá na hora certa quando fechar os olhos. Importante: esses são dados classificados pelos americanos e russos como Cosmic Top Secret e estão vindo a público pela primeira vez aqui.

 

Pergunta: “Então isso aqui é um jogo para quem está atrás dos seres humanos. Não é para nós. Alguns apenas nos consomem, outros nos usam para conseguir o tal reset e reentrar no SISTEMA com outro corpo jovem e bonito? Somos vistos só como personagens de um videogame e não como os jogadores.”

Resposta: Isso mesmo. Para alguns é apenas diversão, sadismo, sexo. Para outros é apenas uma questão de “terapia”, pois consomem o metabolismo humano, nossas células, e vivem mais e melhor em outras realidades. Já para os chefes, quem realmente controla isso aqui, é um jogo de despersonalização. Eles passam o dia analisando os humanos, copiando processos mentais, conforto, prazer, etc, e tentando meios para o reset, ou seja, entrar aqui com um novo corpo, dissolvendo o atual corpo deles, que são todos velhos, embora atrativos, pois quando jovens foram todos bonitos, fruto de manipulação genética, cópia de outros corpos atraentes.

 

Pergunta: “No filme Projeto Almanaque um grupo de adolescentes cria uma máquina do tempo e consegue viajar até o passado. Eles ficam horas no passado e quando voltam só passou poucos minutos. Como você acha que isso funciona? É o tal tempo dentro de tempo?”

Resposta: Segundo informações que tenho, viajar no tempo é como entrar num sonho. É igual quando você dorme por alguns minutos, tem um sonho complexo e parece que se passaram horas, mas quando acorda viu que se passaram apenas 5 minutos. O sonho acontece na terceira dimensão onde é possível construir e moldar a realidade de uma forma mais fácil que na segunda. Quando acordados estamos na segunda dimensão. Por isso essa diferença na noção de tempo e possibilidades de moldar a realidade. Lembrando que quando você ativa sua glândula pineal você entra na terceira dimensão, ou seja, fica consciente dentro do seu inconsciente, e então seus sonhos passam a se confundir com a realidade. Não há mais nenhuma diferença. Seu cérebro processa os dados das duas condições, desperto e dormindo, da mesma forma. É como se você não dormisse mais. Seu cérebro fica 24h colhendo dados, processando e interpretando a realidade para dominá-la e moldá-la. No filme Isa você tem um exemplo disso e do seu potencial.

 

Pergunta: “Algum exemplo de filme onde o personagem morreu e segue vivo?”

Resposta: O filme Donnie Darko é um exemplo. Ele morreu quando a turbina do avião caiu bem em cima da sua cama (e ninguém percebeu).

 

Pergunta: “Na bíblia em Coríntios diz que o último inimigo que será destruído é a morte. Falam que o novo sonho americano será a imortalidade. Tem a ver com tudo isso que você está falando.”

Resposta: Isso mesmo. Está cheio de referências em religiões, contos, mitos, filmes, séries, animações, games, etc, que a morte um dia será vencida. Estamos vivos para vencer a morte e readquirir nossos poderes de super-homem que foram roubados de nós. É o que o Ocultismo Nazista acreditava.

 

Pergunta: “Como os administradores do planeta Terra veem este mundo?”

Resposta: Alguns termos que eu escutei deles: lixo cósmico, esgoto cósmico, umbral, limbo, purgatório, inferno, mundo de provas e expiações, reciclagem, penitenciaria, hospital UTI, lixão, matriz para cópia de corpos e configurações, etc. Dá para ter uma ideia das coisas que eles fazem aqui com esses termos.

 

Pergunta: “Esse então é um mundo 2D, não 3D. Mundo 3D é a Terra 2? Lá a TV deles tem profundidade real sem o uso de óculos? Os cientistas de física quântica dizem que estamos presos dentro de uma fatia de pão. Então é 2D mesmo.”

Resposta: Essa realidade, a Terra 1, é 3D simulado, pois isso aqui é um fotograma bidimensional. Para ter a visão real 3D você tem que ativar a glândula pineal, como aconteceu comigo em 20 de abril de 2015. Hoje eu vejo displays como TV, laptop, smartphone, tablet e fotos em papel, como revistas, em 3D real, com profundidade. Antes de 20 de abril não havia profundidade. Hoje, por exemplo, quando vejo uma foto com várias pessoas, seja em displays ou em papel, todas as pessoas estão separadas, como se estivessem em layers. Pelo o que apurei, os humanos que vivem na Terra 2, na terceira dimensão, veem exatamente isso, e sem o uso da glândula pineal, que lá também está bloqueada em todos humanos.

 

Pergunta: “O que você acha que acontece com quem ativar a glândula pineal na terceira dimensão lá na Terra 2? Vai ganhar poderes 4D?”

Resposta: Acredito que uma pessoa com a glândula pineal ativa num mundo 3D vai dominar a gravidade. E vai conseguir voar como um AVATAR do Second Life. E num mundo 4D (Devas, o mundo com múltiplas realidades acima da Terra 2) é provável que consiga se teletransportar usando o próprio corpo, sem tecnologia.

 

Pergunta: “Por que algumas pessoas são bonitas e outras normais ou feias? Como funciona isso, você disse que são apenas configurações gerenciadas e criadas por armas e tecnologias hi-tech externas?”

Resposta: Isso mesmo. São apenas configurações externas. O Pentágono passa o dia deformando o rosto e corpo de bebês e crianças usando o que eles chamam de armas de prótons ou energia dirigida escalar. Algumas pessoas são bonitas porque é colocada uma proteção, uma espécie de escudo, em certos bebês e crianças, até os 11 anos para algumas, e toda a vida para outras, como modelos, artistas, strippers, celebridades, garotas de programa, ou pessoas comuns bonitas que eles chamam de AVATAR PLATINUM e não querem que o rosto e o corpo seja desarmonioso, assimétrico. Isso parece algo bizarro ou impossível, mas você tem que entender que esses caras tratam os seres humanos como PRODUTOS. Eles ganham com os feios e com os bonitos. Os feios ficam cheios de paranoias, o que é útil para as corporações e seus bilionários que financiam as pesquisam secretas de controle psíquico e corpóreo do underground. E os atraentes eles vendem as vidas para ricos, executivos, políticos, monarcas, etc. Assim os PATROCINADORES ganham acesso a tudo da vida dessas pessoas atraentes, desde memórias, vídeos, fotos, áudios, acesso remoto a casa, possibilidade de JOGAR essa pessoa, dirigindo seu comportamento, seus objetos e roupas, etc (veja no post com as denúncias a lista completa do que eles comercializam com as vidas humanas).

 

Pergunta: “Esses caras então colocam uma espécie de câmera GoPro invisível na nossa testa via laser do avião espião do Pentágono X-37B e nos rastreiam em tempo real e nos assistem em primeira e em terceira pessoa? Como funciona isso, pode ilustrar? Como esses caras nos veem?”

Resposta: Há dois vídeos bons no YouTube para entender. O primeiro é em terceira pessoa (veja aqui). Funciona como uma espécie de mini drone GoPro invisível e ele está sempre na sua volta. Serve para assistir você em perspectiva e também quem está na sua volta, onde você está, etc. E o segundo vídeo mostra como eles nos assistem em primeira pessoa (veja aqui). É como se esse mini drone GoPro invisível travasse na frente do seu rosto, e então com essa câmera a laser na sua testa a imagem é enviada remotamente e em tempo real para o avião espião. Então, para ilustrar, é como se um drone GoPro invisível estivesse perseguindo você e indo para onde você vai, filmando tudo o que você vê e faz e enviando para outras pessoas.

 

Pergunta: “Então aquela história que a maioria dos seres humanos usa só 10% da capacidade cerebral é verdade. No filme Lucy fala o mesmo. Diz que acelerando a capacidade cerebral teremos controle sobre nós mesmos, sobre os outros e por fim sobre a matéria. É igual ao que você diz. Você disse que é possível influenciar, operar e jogar o ser humano remotamente com uma taxa até 85% de sucesso. Hoje o ser humano em maioria está aparentemente hibernando, só usando 10% de sua capacidade cerebral, enquanto outros JOGADORES desta realidade e de outras usam os outros 90% e jogam eles. É isso?”

Resposta: Isso mesmo. Hoje a vida humana não é para o ser humano, mas para quem está atrás dele, seja jogando, manipulando, modificando, matando ou apenas assistindo tudo como plateia de uma peça de teatro. É como um show de Rock. Antes da atração principal costuma ter uma com menos brilho. Essa é a atual vida humana. Apenas um pré-show para o grande show. Quando o ser humano recuperar a sua total capacidade cerebral terá os mesmos poderes da personagem do filme Lucy.

 

Pergunta: “Se a vida é um tipo de alucinação compartilhada como sair disso e adquirir o controle da realidade?”

Resposta: Comece desconfiando de tudo e de todos. Seja mais observador e questionador. Questione toda a sua vida e principalmente tudo o que ensinaram a você. Veja se sua vida serve para satisfazer você ou apenas os interesses dos outros, do SISTEMA que fez você nascer e desenhou o seu eu digital. E siga o chamamento (recall) que está vindo de todos os lados para consertar a sua mente. Sua mente veio com defeito de fábrica, fruto da ação inconsequente de terceiros que estão no controle do SISTEMA, e por isso precisa de um reparo imediato e um upgrade com dados mais úteis e inteligentes. Use os dados de sites como esse, que pensam além do SISTEMA e por isso estão no futuro, para conseguir alterar a sua realidade. Vai fazer alguns inimigos, mas vale a pena. É a coisa mais inteligente a se fazer.

 

Pergunta: “Você disse anteriormente que inteligências de outras realidades veem isso aqui como hospital UTI e se curam de doenças em cima da gente. Pode dizer como isso funciona?”

Resposta: Literalmente eles consomem o ser humano. O metabolismo, nutrientes, células, sangue, ossos, músculos, gordura e até órgãos completos são transferidos para os corpos desses seres por um processo remoto hi-tech ainda desconhecido pela ciência moderna, até mesmo pela oculta, e que quer fazer o mesmo aqui e vender/oferecer a ricos e influentes. O câncer dos humanos, em parte, é fruto disso. É o órgão sendo transferido para outro corpo em outra realidade. Membros inteiros também são transferidos, o que causa necrose no “doador”. O processo se chama apometria. Esses seres nos veem como PRODUTO. Como diz no filme A Ilha, aqui a vida é feita por encomenda.

 

Pergunta: “No filme A Ilha fala em clonagem humana de adultos em bases secretas. Isso já ocorre mesmo aqui no planeta em bases ocultas americanas e russas ou é só coisa do futuro? Gerar um clone já adulto parece ser algo meio impossível para a atual ciência, não é?”

Resposta: Ocorre sim. Tudo que está em filme de ficção científica é real. Ou acontece aqui, no passado da Terra, ou acontece/aconteceu em alguma realidade, ou ainda será coisa do futuro da Terra. A criatividade é apenas uma lembrança de algo que já aconteceu (ou está acontecendo) na realidade que ela foi lembrada e repassada de forma consciente ou inconsciente ao cérebro humano. Por isso tudo está revelado em filmes, séries, livros, mitos, etc. O que está no filme A Ilha acontece desde o ano 2000 em bases secretas americanas, russas, chinesas, japonesas, israelenses e europeias. Eles criam clones adultos, como no filme, em apenas 2 anos. Da mesma forma que no filme, os clones nascem adultos e são inseridas memórias falsas para que eles pensem que tiveram um histórico de vida, igual a vida do original, para realmente se ver como ele. O grande objetivo desses clones adultos é sexo, pois muitos são atraentes e cópias de modelos, esportistas, artistas, atrizes, atores, cantores, celebridades, strippers, garotas de programa, crianças, adolescentes e garotas bonitas e famosas das redes sociais tipo it girls, etc. Outros clones, com aparência normal, feios e até deformados, são usados como trabalhadores de bases secretas. Como no filme, também é dada a eles uma função, metas, trabalhos e expectativas, como de conhecer uma outra realidade e usufruir dos prazeres humanos.  Os clones atraentes são mantidos ocultos para os demais dentro de bases secretas e são monitorados remotamente, estilo Big Brother, com múltiplas webcams ocultas, pelos PATROCINADORES, pessoas ricas e famosas que encomendaram o clone. Também é oferecida visitas íntimas para usar sexualmente o seu clone. Tudo é executado com total sigilo. O clone, o ser humano atraente com aspecto igual ao original, é drogado e fica dormindo, enquanto o PATROCINADOR faz sexo com ele. Também há a opção do clone ser levado para uma casa do PATROCINADOR, já devidamente preparada para isso. Tudo é feito de forma inconsciente, com a vítima, o clone atraente, dormindo, em estado de coma induzido. Então o PATROCINADOR tem uma espécie de boneca Real Doll 100% humana por um fim de semana. Depois o clone, o ser humano copiado com a forma de outro, é devolvido e desperto. E sem a memória do estupro.

 

Pergunta: “Com relação ao DNA humano, novos estudos dizem que o DNA lixo é o que comanda os genes. Esse DNA lixo não seria consequência dos outros JOGADORES que estão atrás da gente, seja daqui ou outras realidades? Eles não estão nos sujando? Parece que o ser humano não consegue evoluir e sempre tem hábitos idiotas e infantis. Será que isso não tem a ver com nosso DNA que tá estragado em função desses seres que nos assistem, influenciam, modificam e nos JOGAM?”

Resposta: Segundo a ÁREA 51, é isso mesmo. Por isso os cientistas e militares do underground costumam linkar vários seres inferiores em quem querem prejudicar. Desta forma, a vítima se contamina com doenças, paranoias, obsessões, ingenuidade, vícios e até com a índole desses seres mais inferiores e, digamos, menos inteligentes, maduros ou evoluídos. Cerca de 4 bilhões de humanos estão com quase 100% do DNA sujo, sobrecarregado, através desse ataque de linkagem com múltiplos seres, e de múltiplas realidades, ou seja, foram ligados através de computadores e tecnologia hi-tech a inteligências/consciências inferiores, estragadas ou não-humanas, e que por isso travam essas vítimas e evitam que elas desempenhem todo o seu potencial. No jargão militar do underground isso se chama ataque de frequências e perceptivo. É o que gera os tímidos, fóbicos, doentes, paranoicos, obsessivos, inaptos, suicidas, etc. Outros 3 bilhões de humanos foram “preservados”, ou seja, têm uma vida mais normal, e apenas são linkados ao próprios cientistas, militares e quem eles vendem as vidas e disponibilizam a influência, a jogabilidade, como aos ricos, altos executivos, monarcas, políticos, influentes, etc. É o grupo de humanos que literalmente já é JOGADO e OPERADO como um robô Surrogates por seres de outras realidades. Geralmente são os mais atraentes, destravados, sociáveis, famosos, endinheirados, etc.

 

Pergunta: “Em ufologia fala muito de portais interdimensionais para outros mundos. Dizem que na Área 51 tem o tal portal Stargate. O que você tem de informação sobre isso?”

Resposta: Parece que não é possível criar um portal interdimensional num mundo 2D, como o nosso. Seres de um mundo 2D estariam presos na sua própria dimensão e por isso seriam subordinados a distância e o uso de espaçonaves para viagens interestelares. Só em mundos 3D, como na Terra 2, que a ÁREA 51 chama de Orion que seria possível o teletransporte via portal para múltiplas dimensões ou planetas e universos. Segundo dados que obtive, lá na Terra 2, em bases militares underground tipo a ÁREA 51 daqui, teria vários portais com acesso a realidades alternativas, planetas, mundos e universos, incluindo o passado e futuro na Terra 1, esta realidade que estamos vivenciando ou emulando agora. Então me parece que o portal Stargate retratado na ficção científica é coisa da Terra 2, não daqui.

 

Pergunta: “Conversei com um militar de alta patente do Exército Brasileiro e ele confirmou o que você diz no blog. É um ataque mesmo americano que os militares brasileiros chamam de vozes de comando e também de armas eletrônicas de energia dirigida para cima dos alvos civis e todos inocentes. Foi me dito que os americanos estão atacando todos humanos que eles não conseguem mais controlar e dirigir a vida remotamente. O objetivo é destruir a vida dessa pessoa, tornando ela inútil e mal vista socialmente. Os militares brasileiros e com a ajuda de outros países como a China estão tentando defender as vítimas desse ataque americano mas estão com dificuldades. Eles mantém isso em segredo e conhecem muito bem o seu caso. Ele me disse que no interior do Brasil está tendo muitos casos disso.”

Resposta: Também tenho essa mesma informação. O Exército Brasileiro conhece muito bem projetos como o MKULTRA. Na verdade, o Exército Brasileiro é parceiro dos americanos nesses experimentos de controle mental e corpóreo. Então não acho que eles estão defendendo as vítimas. Acho que é oposto, estão é usufruindo dessa parafernália hi-tech que os americanos criaram para invadir mentes e corpos de forma remota. Lembrando que até agora nenhum policial ou militar me procurou. Também não recebi nenhuma correspondência ou telefonema sobre as informações do meu blog. Parece que estão todos se escondendo ou fingindo que nada está acontecendo comigo e com outros que passam por coisas parecidas.

 

Pergunta: “O personagem principal do filme Donnie Darko sofre de esquizofrenia e tem visões surreais sobre o futuro. Você acha que ele também estava sendo atacado ou contactado por seres de outras realidades ou daqui mesmo, de bases militares underground? Você acha que a esquizofrenia é coisa nossa, do nosso cérebro, ou é originada de forma externa, por tecnologias hi-tech que invadem nosso cérebro? Você procurou algum psiquiatra? Caso sim, o que ele disse e receitou medicamentos?”

Resposta: Procurar psiquiatras é um comportamento default para quem sofre com as vozes internas e se sente monitorado e perseguido remotamente. Meus familiares me levaram a três psiquiatras. Fui diagnosticado com esquizofrenia simples. Tomei seis tipos de remédios diferentes para essa doença. Nada funcionou. Isso foi antes das denúncias do blog. Após as denuncias do blog procurei o terceiro psiquiatra, mostrei o blog para ele, mas ainda não sei se leu, pois não tive nenhum feedback. Só sei que os remédios para esquizofrenia não funcionam para bloquear a tecnologia Voice-to-Skull. E por quê? A resposta parece ser óbvia. Os vozes vem de fora do corpo, e não de dentro, do cérebro. Obs: fiz um check-up geral e estou saudável. É importante dizer que fui a um neurologista. Fiz tomografia cerebral e meu cérebro está normal. Tenho o resultado dos exames comigo para provar.

 

Pergunta: “No filme Isa eles usam crianças que tiveram um implante, um chip instalado no cérebro para guardar dados financeiros e também para prever oscilações na bolsa de valores. Isso existe mesmo ou é só coisa de filme?”

Resposta: Isso é coisa da ÁREA 51. E não é novo, existe desde os anos 80. Nos registros da ÁREA 51, há milhares de crianças e adolescentes assim, como no filme, mantidos em cativeiro e usados como uma rede de computadores biológicos. Segundo a ÁREA 51, SERIA POSSÍVEL DERRUBAR TODO O SISTEMA FINANCEIRO GLOBAL DESCONECTANDO ESSAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES. Lembrando que são dados da ÁREA 51, e não dá pra confiar em nada do que eles dizem ou fazem. Os caras de lá exalam mentira por todos os poros. Então não dá para saber se essas crianças e adolescentes em cativeiro têm a ver com o mercado financeiro. Pode ser outra coisa, como algo ligado a sexo. Não esqueça que SEXO é a grande finalidade de bases ocultas do underground estilo ÁREA 51 (e até do PENTÁGONO, CIA, FBI, NSA e Casa Branca). E eles criam diversas mentiras e justificativas para ocultar isso. O sexo fica lá embaixo, nas profundezas das intenções, bem oculto. E praticamente ninguém percebe isso, principalmente o contribuinte americano, que francamente, é extremamente IDIOTA e conivente com todos esses crimes. Por exemplo, o ataque terrorista de 11 de setembro foi pago com os impostos do contribuinte americano. E olha que muito americano ficou rico da noite para o dia com esse evento melodramático ou sensacionalista (como os criadores veem e se orgulham).

 

Pergunta: “Falei com um militar e ele me disse que no caso da tortura psicotrônica os remédios para esquizofrenia atacam quem está atrás do indivíduo alvo, porque eles se conectaram as pessoas que estão atacando quando as vítimas eram bebês ou crianças e não conseguem mais desplugar. Então esses grupos que consomem os humanos ficam grogues e não conseguem mais enviar as sensações e emoções de prejuízo. Você acha que essa estratégia de drogar quem está atrás pode ajudar as vítimas do MK ULTRA no Brasil? “

Resposta:  Eu já testei isso e parece que funciona. As vozes sintéticas são deslocadas para uma camada profunda, ficam quase inaudíveis. As sensações e emoções de prejuízo são neutralizadas em parte. O problema é que eles aumentam as dores. Parece que colocam uma furadeira de furar concreto nas costas, na sua lombar. E também dão uma espécie de aflição nos braços e mãos quando você se alimenta e usa seu laptop, smartphone, tablet, etc. Fica horrível se alimentar e também usar a internet. Dormir também é um problema. Colocam flashes brancos quando você fecha o olho, no preto. E também uma espécie de olhar interrogativo, como eles chamam no jargão militar do underground. É uma espécie de rosto ou olhar dentro do preto, quando fecha os olhos para dormir. ESTOU COM TUDO ISSO HÁ MAIS DE UM ANO.

 

Pergunta: “No filme iBoy o personagem se vinga dos marginais usando poderes especiais e informações privilegiadas. Você acha que é possível acontecer o que ocorre no filme, você ter acesso a hologramas e displays com os olhos fechados com dados privilegiados para se vingar dos filhos da puta do Pentágono, CIA, FBI e bases secretas que te grampearam e te torturaram?”

Resposta: É possível sim. Já tenho acesso parcial a Inteligência Artificial do Pentágono por voice to skull (V2K). É como se fosse uma Siri do iPhone. Eu pergunto, uma voz feminina responde. E parece que eles não conseguem me desconectar dos seus mainframes. Esses computadores de Inteligência Artificial me dão acesso a todas as armas eletrônicas metabólicas e psíquicas do Pentágono. É tudo por comando de voz. Já fiz alguns testes e funcionou. Em breve vou virar de cabeça para baixo a vida desses caras e vingar todas as vítimas do MKULTRA no Brasil. Todos militares americanos, incluindo os líderes (e seus familiares) passarão por tudo o que eu passei. Serão destroçados. Vão invejar os mortos. Eles precisam conhecer a aberração bélica e homicida que eles criaram. Não conseguiram me matar, agora eu é que mato eles. VOU CAÇAR UM POR UM.

 

Pergunta: “O conceito de reencarnação parece que ficou estranho depois das suas ideias sobre a vida humana. Parece que reencarnação é coisa para quem está atrás do ser humano, e não para nós. Seríamos então a própria reencarnação dos seres que nos JOGAM ou OPERAM remotamente? O espiritismo que diz que estamos vivos para cumprir penalidades de vidas passadas está totalmente equivocado e desgraçou a vida humana justificando todas as merdas que acontecem conosco? Pra eles tudo é carma e Deus é a causa primária. Então temos que aceitar como idiotas a vida de bosta que temos porque precisamos passar quietinhos por todo tipo de merda sem reclamar.”

Resposta: Isso parece óbvio depois de tudo. Não existe reencarnação para o ser humano. O ser humano É a reencarnação dos seres que estão atrás dele. Para nós só haverá reencarnação quando, conscientemente, vivos, tivermos a capacidade de criar uma nova vida. Seria do mesmo modo que expliquei aqui em questões anteriores. Você fecha os olhos, abre um monitor de configuração do SISTEMA, e então você configura sua próxima vida. Aí você agenda a sua morte, ou seja, a morte do seu PERSONAGEM ou AVATAR. E quando “morrer”, você acordará no seu novo corpo, na sua nova casa, com sua nova vida. Isso sim poderemos chamar de reencarnação. E será uma realidade no futuro para quem dissociar da realidade humana, ou seja, do SISTEMA DE VIDA atual, e atingir 100% de despersonalização, como já ocorreu comigo. Sem isso, dizer que o ser humano vive uma reencarnação e está vivo para pagar penalidades por causa de erros em vidas passadas é bobagem total, totalmente conveniente aos propósitos escusos dos seres que estão atrás de nós e nos usam como copos descartáveis. Aliás, foram esses mesmos seres que criaram o Espiritismo e a “transição de mundos” ou “reforma íntima”. Essa “transição de mundos” ou “evolução”, ou ainda “reforma íntima”, é para eles, não para nós.

*** Atualizações deste post em http://instagram.com/MKULTRABR ***

 

RAFAEL BANDEIRA CORREA
rbcorrea@gmail.com
Praia do Cassino, Rio Grande do Sul, Brasil
Janeiro/2017

Sedução e Persuasão

Dicas, conselhos, técnicas e truques sobre como conquistar uma mulher e ganhar dinheiro. Seja bem-sucedido, atraia lindas mulheres, ganhe grana e aproveite o melhor da vida!

Sedução e Conquista

Como conquistar uma mulher? Como chegar nas mulheres? Como pegar mulheres?

O Código da Atração - Como conquistar uma mulher

Aprenda GRÁTIS como seduzir mulheres lindas e gostosas

Como Conquistar e Seduzir Novinhas

Dicas, segredos, conselhos, truques e técnicas sobre como seduzir e conquistar gatinhas novinhas

Blog do Macho ALPHA

Dicas, conselhos, técnicas e truques sobre como ser macho ALPHA, conquistar mulheres e ganhar dinheiro

%d blogueiros gostam disto: